Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

EUA: Vizinhos homófobos passam a ter vista para casa arco-íris

Mary Pham, uma médica residente na localidade de Irvine (Califórnia), decidiu mostrar o seu apoio à comunidade LGBT hasteando uma bandeira do arco-íris em casa. Hastear bandeiras, por exemplo de equipas desportivas, é um hábito na localidade tido como sinal de apoio às mesmas. O episódio remonta a Abril contam os sites Shewired e Pleasure Chest. Desde então Mary tem sido alvo de comentários homofóbicos e até mensagens de ódio por parte dos vizinhos.

“Ou sabe o que é ou não sabe. Ou é uma bandeira do orgulho LGBT ou uma bandeira com as cores do arco-íris. E se é uma bandeira do orgulho ou se gosta ou se odeia. E quem a odeia é um idiota”, terá dito Mary Pham, a médica de origem vietnamita.

A associação de moradores local recebeu várias cartas com discursos de ódio devido à bandeira do orgulho hasteada no local. Aconselhada por uma associação de defesa dos direitos das pessoas LGBT, Mary alertou as autoridades para a situação como medida preventiva.

Como contra-resposta a todo este episódio, Mary, imbuída do espírito desta quadra, resolveu decorar toda a casa com luzes natalícias das cores do arco-íris. Entrevistada pelo periódico OC Weekly, Mary explicou que apenas decidiu combater o ódio com amor.