Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

E o Porto marchou pelo centro da cidade

A quinta Marcha do Orgulho LGBT do Porto terminou hoje na Praça D. João I, por volta das 19h, pondo fim a uma tarde de reivindicação que começou às 16h na Praça da República. Participaram 15 colectivos, com destaque para a AMPLOS (Associação de Mães e Pais pela Liberdade de Orientação Sexual) e para grupo XY, que integra o Sindicato Unificado da Polícia e é dirigido por Belmiro Pimentel, que participaram pela primeira vez na Marcha do Porto. À noite decorre no Teatro Sá da Bandeira, a festa Porto Pride. Segundo declarou Marta Pereira, membro da organização, à agência Lusa, “neste momento a grande questão é a parentalidade e a adopção”, acrescentando que outro tema em destaque nesta Marcha “prende-se com a igualdade de género relativamente ao acesso médico, para que as pessoas possam de uma forma mais rápida e mais acessível” mudar de sexo. “Paralelamente com o que faz nos outros países do mundo, a marcha é uma forma de dar visibilidade à comunidade, de trazer as questões para a rua, também de agitar um bocadinho as águas e a fazer as pessoas confrontarem-se com estas questões que nos afectam a todos”, completou. Terão participado mais de mil pessoas.

Mais fotos dezanove no Facebook.

2 comentários

Comentar