Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

70 por cento não quer referendo à adopção e co-adopção

Um inquérito levado a cabo pelo site dezanove.pt revela que a esmagadora maioria dos participantes não concorda com o referendo proposto pelo PSD acerca da adopção e da co-adopção de crianças por parte de casais do mesmo sexo.

Para mais de 70 por cento dos leitores do site de notícias e cultura LGBT não faz sentido referendar as questões da adopção e da co-adopção. Apenas 19,79 por cento acha pertinente a realização de um referendo sobre estas questões e cerca de 9 por cento não sabe que resposta dar sobre esta matéria. Votaram 746 pessoas neste inquérito que decorreu entre 12 de Novembro e 7 de Janeiro de 2014.

Esta sexta-feira, 17 de Janeiro, saber-se-á se a proposta de referendo avança. O maior partido da coligação do Governo impôs disciplina de voto. Esta quinta-feira o CDS tornou público que irá abster-se nesta matéria deixando o PSD isolado. Apenas se todos os deputados sociais-democratas estiverem presentes no hemiciclo é que a proposta de referendo será submetida ao crivo do Tribunal Constitucional e depois do Presidente da República. Para ter efeitos vinculativos em Portugal um referendo terá de ter mais de metade dos votos dos eleitores recenseados no país.

A realizar-se será o quarto referendo em Portugal depois de dois sobre Interrupção Voluntária da Gravidez e um sobre a Regionalização. Nenhum dos referendos anteriores incidiu sobre direitos das minorias e nenhum teve uma participação superior a 50 por cento.

2 comentários

Comentar