Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Quando o hip hop sai do armário... (vídeo)

Cazwell costuma ser descrito como um dos expoentes americanos do homo-hop ou gay hip-hop, ou não fosse dos poucos artistas de hip hop a declarar-se homossexual. Este Verão causou furor quando lançou o vídeo “Ice Cream Truck”, que chegou a ser considerado impróprio para alguns utilizadores do YouTube. Mesmo assim, na primeira semana, o vídeo, que foi realizado por Marco Ovando, ultrapassou um milhão de visualizações.

As situações de homofobia dentro da indústria do hip hop são recorrentes. Eminem e Busta Rhymes já editaram músicas onde atacavam os “paneleiros”. Quando Kanye West pediu em 2006 que os artistas acabassem com as letras anti-gay, 50 Cent respondeu que Kanye só podia ser gay para fazer tal comentário. Andre 3000 dos Outkast também considerou que “um dos piores rumores que ouvi sobre mim era o de que era homossexual”.

Cazwell comentava recentemente ao Sawf News: “Quando vivi em Boston, tentei ser aceite pelo hip-hop – havia uma cena grande de hip-hop lá. Lembro-me que havia em Boston uma editora chamada Brick Records e eles representavam 7L e Esoteric and Virtuoso – grandes rappers – e na altura eu queria muito trabalhar com eles. Isso nunca aconteceu. Gostava de enviar-lhes demos e eu sabia que era bom ao vivo, mas, basicamente, cheguei à conclusão de que não importava ser era bom ou não. As pessoas hetero só não querem estar com gays no hip-hop.”

Na sua discografia constam os álbuns Get Into It (estreia em 2006) e Watch My Mouth, para além dos singles All Over Your Face, Watch My Mouth, I Seen Beyoncé... , Tonight e Ice Cream Truck.

 

Miguel Oliveira

 

Já segues o dezanove no Facebook?

5 comentários

Comentar