Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Q: O que se passa no quarto de Leo (vídeo)

O filme El Cuarto de Leo conta a história de Leo (Martín Rodríguez), um jovem que, em pleno processo de auto-aceitação e descoberta da sexualidade, reencontra Caro (Cecilia Cósero), uma ex-colega da Escola Primária, que vive também uma crise pessoal. O reencontro vai provocar marcas profundas nos conflitos pessoais de cada um, sem que nenhum dos dois se aperceba realmente do que se passa um com o outro. O filme passa no Sábado no Queer Lisboa.


Esta primeira longa-metragem de Enrique Buchichio, que assina também o argumento, é uma boa surpresa. Sim, é um filme didáctico quase educativo até, ideal para passar nas escolas. No entanto, o filme não é perfeito na abordagem das temáticas da sexualidade e da homossexualidade. Um jovem não passa por uma crise sexual, como a vivida por Leo, da forma como o filme a retrata. Há mais angústias, há mais incertezas, há mais inseguranças. Nenhuma mãe daquela idade diz a um filho que o quer ver feliz com uma namorada ou um namorado com a naturalidade com que o filme nos mostra.


El Cuarto de Leo é um filme leve e fresco mas também é intimista, revelando o próprio processo de metamorfose de Leo. O retrato da depressão de Caro está mais do que bem conseguido. Todo o filme é esta dicotomia entre o bom exercício de cinema e a leveza (absurda) dum assunto sério. Com interpretações exemplares, sobretudo a de Martín (Leo) e Cecilia (Caro). Destaco ainda a pequena pérola que é a personagem Felipe (Rafael Soliwoda).


Veredicto: 3 estrelas em 5


O filme passa no Queer Lisboa, Sábado, 18 de Setembro, no São Jorge, Sala 1, 15h


Luís Veríssimo




                    

Já segues o dezanove no Facebook?