Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Q: E numa ilha das Caraíbas… (vídeo)

Lena é a esposa de um pastor gay no armário. Acredita que a única maneira de resolver os seus problemas é limitando os direitos da comunidade homossexual. Romeo é um atraente jovem negro que esconde a sua sexualidade. Jonny é um artista branco que, além de estar a passar por uma crise de inspiração, está em vias de perder a bolsa de estudos. O bullying sucessivo e o pai alcoólico são razões que o levaram a uma depressão.


As três personagens encontram-se, por razões diferentes, na ilha de Eleuthera e são o centro de “Children of God”. O filme foi rodado nas Bahamas e é, só por si, um statement contra a homofobia que atravessa vários países da região das Caraíbas. É que o filme retrata o que significa o amor, a solidão, a tolerância e a auto-aceitação. Este é o quarto trabalho cinematográfico do realizador das Bahamas Kareem Mortimer, e abriu a edição do ano passado do Festival Internacional do Cinema das Bahamas.


O filme passa no Queer Lisboa, no São Jorge, sexta-feira, 24 de Setembro, às 22h, Sala 1