Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Campillo de Ranas, "a capital europeia" do casamento entre pessoas do mesmo sexo

Campillo de Ranas é uma pequena cidade espanhola que fez notícia porque o presidente da câmara local pretendia torná-la a capital europeia do casamento entre pessoas do mesmo sexo.




Corria o ano de 2005 quando o parlamento espanhol aprovou a lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo e a adopção. Em algumas cidades espanholas, como por exemplo Valladolid, os presidentes de câmara (que oficiam os casamentos civis) interpuseram recurso contra a implementação da lei. É aqui que entra Francisco Maroto (sic), o Presidente da Câmara de Campillo de Ranas, uma pequena cidade com apenas 50 habitantes perdida nas montanhas de Guadalajara. Maroto quis mostrar que a luta do preconceito pode começar em qualquer lugar e que iria permitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo. 

Em 2007 Andrés Rubio decide transformar a história de Campillo de Ranas num documentário, que já foi exibido no Queer Lisboa em 2008, e hoje será reposto na RTP2 às 23:45. No documentário é retratada a história de Ray e Pepe que vão a Campillo para se casar.


Já segues o dezanove no Facebook?