Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Kitsch, irónica e suspensa. Foi assim em Granada

"Uma encenação, kitsch, irónica, mordaz e subversiva reversão contemporânea da história bíblica, uma visão crítica do Novo Testamento." Assim descrevia Fernando Bayona a sua exposição fotográfica que esteve apenas quatro horas em exibição no Centro de Cultura Contemporânea da Universidade de Granada. No centro da polémica estavam 14 fotos que o autor referia como “uma visão actualizada da vida de Jesus pelo filtro da sociedade actual, nas quais os personagens vivem vidas paralelas às narradas nos textos bíblicos”. As fotos seguiam uma estética próxima da publicidade. O momento de pregação, por exemplo, simulava um concerto de rock.  Mais polémica foi a foto do Beijo de Judas em que os dois modelos trocam carícias.  Grupos de católicos consideraram a exposição “blasfema” e que feriria os “sentimentos dos cristãos”. A plataforma Hazte Oir, que liderou o protesto, afirma ter recolhido mais de 18 mil críticas ao trabalho. Nas quatro horas em que a exposição esteve aberta ao público, as fotografias foram vistas por apenas 38 pessoas.