Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Top of the pop(per)s

Fischerspooner.jpg

Os Fischerspooner já tinham avisado que o próximo álbum iria abordar os relacionamentos queer na era digital, e de forma mais despudorada do que qualquer outro do seu percurso. Mas se os videoclipes dos singles anteriores - "Have Fun Tonight""Togetherness" - já eram consideravelmente crus na abordagem à sexualidade, a banda nova-iorquina vai bem mais longe nas imagens que acompanham a nova amostra de "SIR", disco a editar a 16 de Fevereiro.

 

 

Três críticas sobre o filme “Chama-me Pelo Teu Nome” (com trailer)

Chama-me Pelo Teu Nome.png

O mais recente filme de Luca Guadagnino, “Chama-me Pelo Teu Nome” (“Call Me by Your Name”, 2017), é uma das estreias mais aguardadas da temporada de prémios. Ainda não foram revelados os nomeados aos Óscares e é já apontado como um dos favoritos, podendo-lhe estar reservadas três a cinco nomeações. Alguns colaboradores do dezanove.pt viram o filme antecipadamente e apresentam, de seguida, as suas críticas.

 

Cenas lésbicas em “Jogo Duplo”: "Devia ser comum e normal, como o é com um homem e uma mulher" (com vídeo)

 

lésbicas em jogo duplo.jpg

A nova novela da noite da TVI, "Jogo Duplo", apresentou cenas lésbicas entre as actrizes Jani Zhao e Anna Eremin, que interpretam os papéis de Susana Wang e Cátia Sobral, respectivamente.

 

 

NOS elimina post após críticas de homofobia

chama me pelo teu nome.jpg

 “Chama-me pelo teu nome”, que destacámos neste top de 10 filmes, avizinha-se como uma das grandes estreias no circuito comercial que respeita a filmes de temática LGBTI este ano. O novo filme de Luca Guadagnino, é uma história sobre o primeiro amor, baseado no aclamado romance do escritor italiano de origem egípcia André Aciman. Mas antes da estreia marcada para esta quinta-feira, dia 18, a polémica instalou-se nas redes sociais.

As surpreendentes capas da revista Cristina e da Agenda de Lisboa

capas 19.jpg

As edições de Janeiro da revista de Cristina Ferreira e da Agenda Cultural de Lisboa colocam artistas drag queen em destaque. 

 

2017: Dez filmes e uma surpresa

 

pjimage (69).jpg

Eis que chegámos àquela altura de se fazer o balanço dos filmes LGBTI do ano de 2017. Os festivais de cinema continuaram a ser a melhor forma de ver algumas películas. O interior do país continuou a ser esquecido quando algum filme desta temática estreia em sala. Como sempre, a escolha foi difícil, mas chegou-se aos 10 filmes que marcaram o ano, com um twist no final. Os filmes foram listados por ordem alfabética.