Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

A descoberto ou não?

dezanove_carlosgustavomartins.jpg

Não será certamente um artigo consensual... mas nem os estudos efectuados até hoje o são. Venho-vos falar da circuncisão.

Muito praticada nos Estados Unidos, mas muito menos na Europa, a circuncisão levanta celeuma desde sempre.

Por três vezes a Academia Americana de Pediatria - 1983, 1999 e 2005 - veio a público afirmar que embora existam vantagens significativas para a circuncisão, não existe indicação absoluta para tal. Parece confuso? E é. Mas comecemos pelo princípio... o que é afinal a circuncisão? Muito "simplesmente" é o corte e remoção da pele que cobre a glande do pénis. Por norma efectuada aos recém-nascidos em indivíduos não judeus (e ao oitavo dia em judeus), é prática muito mais comum em crianças do que em adultos. Os riscos também são diferentes. Nas crianças é um procedimento que normalmente entre o oitavo e o décimo dia está resolvido, no adulto além de demorar mais tempo implica outros riscos (tais como hemorragia, por exemplo).

Mas afinal quais são as vantagens?

- Menor sensibilidade - pode aumentar o tempo até ao orgasmo, levando por isso a um aumento do tempo da relação sexual;

- Menor risco na contração de infecções sexualmente transmissíveis (IST) - o facto de não existir uma camada de pele que possa servir como meio de cultura para determinados micro-organismos diminui a probabilidade de eles existirem (mas também uma boa higiene o faz);

- Menor risco de cancro do pénis - em 5 estudos efectuados nos Estados Unidos, nenhum dos indivíduos que apresentava cancro do pénis era circuncidado;

- Menor risco de transmissão de IST ao parceiro (a) - pelas mesmas razões apresentadas anteriormente;

Estas são algumas das vantagens da circuncisão, mas e as desvantagens?

- Perda de sensibilidade - sim, é o mesmo facto. A perda de sensibilidade pode levar a alguma dificuldade na obtenção da erecção;

- Hemorragia - geralmente no período imediatamente a seguir ao acto cirúrgico;

- Irritação da glande - pelo contacto "forçado" da glande com a pele, tecido e pêlos;

- Risco aumentado de uretrite - o facto de não existir a pele protectora pode levar a que estando o meato urinário (orifício externo da uretra) mais exposto, possam ocorrer inflamações da uretra;

 

Fica pois a questão... estética à parte, o nosso leitor já alguma vez tinha pensado em "ficar a descoberto?"

 

Faz tudo, mas faz seguro.

 

Até para a semana!

Enfermeiro Carlos Gustavo Martins

 

3 comentários

Comentar