Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Arizona aprova lei que permite discriminar homossexuais em lojas e serviços (actualizada)

A Assembleia do estado norte-americano de Arizona aprovou, na passada quinta-feira, uma lei que permite a qualquer comerciante ou empresário recusar o acesso aos seus produtos e serviços a clientes que sejam homossexuais. A governadora do Estado, Jan Brewer, tem agora até ao final da semana de tomar uma decisão de veto ou promulgação da lei.

A maioria republicana conseguiu aprovar, com 33 votos a favor e 27 votos contra, a lei que permite este boicote. O Arizona havia já demonstrado as suas políticas duras quando em 2010 aprovou um lei anti-imigração muito polémica, que viria mais tarde a ser suspensa pelo Supremo Tribunal Americano.

Esta lei tem como apoio o Centro Político de Arizona, um grupo conservador e religioso com uma grande representatividade, que justifica tratar-se de uma medida de “liberdade religiosa” e não de discriminação. Diplomas semelhantes foram apresentados noutros Estados, como Ohio, Mississipi, Idaho, Dacota do Sul e Tennessee, mas apenas foi aprovado em Arizona.

As manifestações não se fizeram esperar, apelando ao veto da governadora. Vários congressistas do Partido Republicano já repudiaram a lei, incluindo John McCain, candidato às presidenciais contra Obama.

 

Actualização: Uma semana depois da votação no Assembleia da proposta do Partido Republicano, a 27 de Fevereiro a governadora do Estado do Arizona vetou a lei

 

André Faria

3 comentários

Comentar