Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Bullying escolar: Como um vídeo de casamento levou a um pedido de desculpas

Há cerca de dois meses Lucas Bane, um jovem britânico, decidiu que o pedido de casamento ao seu namorado, David, deveria ser algo em grande. Então Lucas decidiu preparar uma festa surpresa, com uma flash mob de dança e uma série de cartazes. Rapidamente o o vídeo deste pedido  tornou-se viral. Mas a parte boa da história não acaba aqui.

Foi através deste vídeo que o Lucas teve a oportunidade de ver resolvido um conflito vindo desde o seu tempo de escola.

Ao ver a repercussão do vídeo, um antigo colega de liceu de Lucas foi até à sua página do Facebook pedir-lhe desculpas por o ter submetido a ataques de bullying e escreveu-lhe: “Tenho certeza que não tens ideia de quem eu sou. Frequentei o ensino secundário contigo. Se te lembrares de mim, provavelmente não é de forma positiva, já que eu era um idiota na altura. Eu vi o teu vídeo hoje no Facebook e queria dar-te os Parabéns! Não precisas de responder, só queria que soubesses que os acho íncríveis e vos desejo tudo de bom”.

Tocado pela iniciativa, Bane decidiu responder-lhe: “Sim, lembro-me de ti. Tens razão, as minhas recordações em relação a ti não são as melhores. Não vou mentir, o facto de me mandares esta mensagem não me fez chorar, mas as tuas palavras tocaram-me. Está tudo perdoado, e está claro que, quem quer que tu tenhas sido no passado, agora cresceste e tornaste-te uma pessoa diferente daquela que eras na altura. Espero que tenhas uma vida cheia de coisas boas! Se nos encontrarmos um dia, podemos tomar uma cerveja!”.

Em entrevista ao portal The Gaily Grindr, Lucas disse que não gosta de se vitimizar, pois sabe que, como ele, muitos gays sofreram bullying. “Eu tive a minha quota parte de insultos, e até agressões. O pior era ser excluído dos grupos que eu gostava. Ele não foi especialmente terrível, mas lembro-me que fazia parte de um grupo que me causava medo”, contou. Questionado se o episódio lhe deu uma sensação de que o bullying para ele tinha terminado, disse: “Certamente, foi como se ele falasse por todos os que já implicaram comigo”.

 

 

Na foto: O casal de noivos Lucas e David.

 

Rafael Damas