Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

CES recebe 1,4 milhões para estudar discriminação LGBTQ

ana cristina.jpg

O Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra vai receber 1,4 milhões de euros de fundos europeus para estudar discriminação enfrentada por pessoas lésbicas, gay, bissexuais, transgénero e queer (LGBTQ).

De acordo com a agência Lusa, o estudo envolve ainda o Departamento de Sociologia da Universidade de Surrey (Inglaterra), a Universidade de Strathclyde (Escócia) e a Alice Salomon University de Berlim (Alemanha).
“Iremos investigar processos de discriminação múltipla que pessoas lésbicas, gay, bissexuais, transgénero e queer (LGBTQ) enfrentam em Portugal, Inglaterra, Escócia e Alemanha”, explicou à Lusa a investigadora e activista Ana Cristina Santos, que irá liderar a equipa portuguesa do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.
O estudo abordará três momentos de transição da vida: da escola para o primeiro emprego, a progressão de carreira na meia-idade, e a entrada na reforma. O estudo, o primeiro na Europa com esta dimensão, irá ainda analisar o modo como a sexualidade, a identidade e expressão de género, a classe social, o estatuto de cidadania e a origem étnica afectam as desigualdades de pessoas LGBTQ ao longo da vida.

 

Foto: Facebook de Ana Cristina Santos

 

Publicidade:

 

1 comentário

Comentar