Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Como o Irão adaptou "Uma Família Muito Moderna" (sem gays)

No Irão estão a decorrer gravações de um remake não oficial da série “Uma Família Muito Moderna”, obviamente sem gays.

 

“Uma Família Muito Moderna” é uma série humorística que já ganhou vários prémios de televisão, incluindo Emmys e Globos de Ouro e também alguns prémios da Aliança Gay e Lésbica contra a Difamação (GLAAD), estes últimos entre outras razões pelo facto de nesta série existirem duas personagens que são gays, Cameron e Mitchell, que educam a filha Lily adoptada no Vietname. No final da 5ª temporada este par finalmente celebrou o casamento, o que se tornou possível após a legalização dos casamentos entre pessoas do mesmo sexo na Califórnia, local onde decorre a acção da série norte-americana.

O local onde decorre a acção da série iraniana “Haft Sang”, o análogo da “Família muito moderna”, não se sabe. Talvez algures em Teerão. Obviamente, aqui não existem gays: o casal homossexual foi substituído por mais um casal heterossexual. Como é sabido, a homossexualidade no Irão é punida com pena de morte e até há bem pouco tempo o Governo do país não reconhecia, de todo, a existência de gays no seu território.

Para além desta alteração, os autores da série iraniana resolveram substituir uma das personagens femininas por um rapaz, para evitar uma possível polémica. No original norte-americano a personagem chamada Haley, finalista da escola secundária, namora de vez em quando com rapazes e no Irão as relações antes do casamento são expressamente proibidas. Por esta mesma razão a Haley foi substituída por um rapaz-adolescente e um dos namorados por um simples amigo.

Para além das alterações referidas todas as mulheres desta nova versão de “Uma Família Muito Moderna” estão a usar o hijab.

De resto as séries são praticamente idênticas até pela maneira de filmar. Os admiradores já fizeram uma “análise comparativa”. Mais abaixo é possível ver uma montagem. Do lado direito do ecrã é a primeira cena do primeiro episódio de “Uma Família Muito Moderna”, na qual o Cameron e o Mitchell estão a convidar todos os familiares para lhes apresentar a sua Lily, cuja adopção estava a ser ocultada do conhecimento dos outros familiares. Do lado esquerdo, a mesma cena, mas na versão iraniana.

 

 

Alexandre Iourtchenko