Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Como vai funcionar a escolha da música portuguesa para a Eurovisão 2018

rtp.jpg

 
A final da Eurovisão vai decorrer em Lisboa a 12 de Maio de 2018. O seu apuramento será feito através do Festival da Canção 2018, que vai ser constituído por duas semifinais, que terão lugar nos dias 18 e 25 de Fevereiro, nos estúdios da RTP, em Lisboa. A final do Festival da Canção terá lugar no Multiusos de Guimarães, a 4 de Março.

Em cada uma das semifinais estarão a concurso 10 canções, totalizando 20 concorrentes. De cada semifinal serão apuradas 5 canções, pelo que chegarão 10 canções à final.
A RTP fará o convite a 18 compositores para que apresentem uma canção original e inédita. Tal como no Festival da Canção 2017, serão eles a definir os respectivos intérpretes. No entanto, em 2017 todos os compositores foram convidados pela RTP.
Agora haverá dois lugares nas semifinais abertos a concurso. Um deles será seleccionado através do programa de rádio “Master Class” da Antena 1, dirigido a compositores e autores sem trabalhos publicados, até ao dia 15 de Setembro. O júri criado para este programa escolherá o compositor, que deverá também apresentar a concurso uma canção original e inédita. A última vaga nas semifinais resultará da abertura a candidaturas espontâneas de canções originais e inéditas com uma duração máxima de três minutos. Podem concorrer cidadãos de nacionalidade portuguesa ou residentes em Portugal, tenham ou não trabalhos publicados.
Entretanto, tal como confirmou Fernando Medina ao dezanove, já se sabe que aquando da final da Eurovisão em Lisboa, o Eurovillage ficará instalado no Terreiro do Paço.

 

Publicidade: