Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Dez vídeos que tens de ver sobre Orlando

Videos Orlando.jpg

O mundo continua em choque com o que sucedeu em Orlando e as reacções sucedem-se. Há dez vídeos que tens de ver. Vais emocionar-te. E também indignar-te com os últimos dois vídeos, que são reais e foram gravados pouco depois da notícia do massacre ter sido conhecida.

1. Uma mãe fala sobre o desespero de não saber do seu filho que se encontrava na discoteca de Orlando. A angústia demorou horas e confirmou que Christopher Leinonen foi um dos mortos na discoteca Pulse. 

 

2. Mais tarde esta mesma mãe, Christine Leinonen, disse numa entrevista à ABC que o mais se orgulhava foi o facto do seu filho Christopher ter ganho um prémio humanitário no liceu por ter criado a Gay Straight Alliance, um projecto que aproxima heterossexuais e homossexuais. Christopher  planeava casar com o seu namorado Juan Ramon Guerrero. Agora vão ser enterrados juntos. Christine também pediu maior controlo sobre a posse de armas no país.

 

3. A emotiva homenagem de Anderson Cooper às vítimas (CNN). "Eles são mais que uma lista de nomes. São pessoas que amavam e que eram amadas”, referiu com a voz embargada. 

 

4. Lady Gaga chorou ao ler o nome das vítimas numa homenagem em Los Angeles.

 

5. Também a cantora Adele se emocionou quando dedicou o concerto de Antuérpia às vítimas da discoteca Pulse e à comunidade LGBTI.

 

6. Um publicitário brasileiro fala sobre clima em Orlando após tiroteio na discoteca gay. Erik Armiliato vive em Orlando e tem dois amigos que estavam na discoteca na madrugada de Sábado. Um deles levou três tiros e continua no hospital. 

 

7. Owen Jones é jornalista do The Guardian e enquanto estava a explicar na SkyNews o que se aconteceu em Orlando percebeu que os colegas presentes em estúdio tentaram menosprezar os factos. Owen Jones saiu do estúdio em directo em forma de protesto.

 

8. Quem não conhece o passado hipoteca o futuro. Por isso, Owen voltou à carga noutro vídeo para falar de um massacre ocorrido há 17 anos noutro bar gay, desta vez em Londres.

 

9. Não é de agora que sabemos que a estupidez não tem limites. E quando tem por base o ódio contra os homossexuais chama-se homofobia. É perigosa, mói e mata. O Pastor Roger Jimenez da Igreja Baptista Verity diz que os homossexuais são todos “predadores e pedófilos” (sic). E vangloria-se com a morte das 49 pessoas em Orlando. 

 

10. Mas o que viste cima não é infelizmente o único vídeo deste tipo. Outro Pastor, Steven Anderson, também teve um discurso similar num vídeo entretanto denunciado por discurso de ódio. Mas vários utilizadores voltaram a recuperar o vídeo para que este homem seja condenado pelo que disse e estas palavras não sejam apagadas. No vídeo o pastor diz que as vítimas, a quem chama de “pedófilos”, “deveriam ter sido mortas de outra forma: julgadas em tribunal pelo que são e depois executadas”. 

O mundo continua ao contrário e a mostrar-nos que há tanto por fazer.