Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Entrevista a Carlos JGM, criador do Slow Motion Clouds, o tumblr que não podes perder

Slow Motion Clouds Carlos JGM.jpg

Com a sua máquina analógica Carlos JGM leva-nos a olhar com outra percepção os pormenores do quotidiano. A partir da rotina do seu dia-a-dia o fotógrafo de 28 anos criou um diário online que pode ser apreciado aqui: http://slowmotioncloudsx.tumblr.com/

Carlos JGM fotografa maioritariamente no nosso país privilegiando as paisagens naturais. Em entrevista ao dezanove.pt Carlos dá-nos a conhecer um pouco mais sobre o seu blogue e as suas inspirações. 

fotógrafo Carlos JGM  2.JPG

dezanove: O que é o “Slow Motion Clouds”?

Carlos JGM: Começou por ser um blogue de fotografia analógica que surgiu quando encontrei uma velha máquina de família no sótão, que havia sido adquirida no início da década de 80 pelo meu pai. Por essa mesma altura, uma amiga emprestou-me também uma outra câmara mais antiga que tinha herdado dos pais. A partir desse momento, abandonei a fotografia digital e comecei a dedicar-me a fotografar com película o quotidiano dos meus dias. Neste sentido, gostaria de pensar no Slow Motion Clouds como um álbum e uma partilha dos momentos que registo sob a forma de fotografia; uma história… a minha história e das pessoas que vou conhecendo.

fotógrafo Carlos JGM 7.jpg

O que te leva a fotografar?

Desde cedo que me interesso pela fotografia. Comecei pela digital, que me entreteve durante bons anos e com a qual aprendi bastante. Entretanto acabei por achar todo o processo da fotografia digital demasiado controlado, acessível e imediato, até que resolvi experienciar fotografar com película. Fiquei rendido aos resultados e a todo o processo envolvido. Cada foto passou a ser muito mais especial e única. O simples facto de não existir a possibilidade imediata de ver os resultados também torna tudo muito mais emocionante e “frágil”, o que me injeta um pouco de adrenalina e isso é aliciante. Neste momento, esta sensação e necessidade de registar momentos quotidianos em fotos especiais é o que me leva a fotografar. A ideia de fazer um álbum com os momentos da minha vida e dos que me rodeiam, que também fazem parte dela, cativa-me a um nível absurdo. Chega a ser doentio e obsessivo, por vezes, mas dá-me um gozo tão bom (sorriso).

Carlos JGM Slow Motion Cloud.JPG

Quais as características principais do teu trabalho?

Nostalgia, quotidiano e melancolia são as três palavras que para mim traduzem as minhas fotos. Gostaria muito que as pessoas que vêm o meu blogue do lado de fora do vidro sentissem algo semelhante a isso. Sem dúvida que nostalgia é aquilo que me move. No fundo, ao fotografar com uma câmara analógica antiga, eu sinto-me como a capturar momentos do presente, transformando-os em histórias passadas. Gosto de ter a sensação de encontrar um baú cheio de antigas fotografias de família quando revejo o meu blogue. Sentir-me-ia muito feliz se soubesse que os outros sentem o mesmo. Quotidiano porque o “projecto” nasceu assim. Nasceu para fotografar cenas quotidianas dos meus dias. Apesar de já ter feito alguns trabalhos mais planeados, não tenho como objectivo principal realizar sessões fotográficas “sérias”, “conceptuais” e detalhadamente pensadas. O meu intuito é que o blogue permaneça assim; quotidiano e amador. Falando da melancolia… bem… é algo pessoal e mais forte que eu. Talvez seja apenas a minha visão do mundo e nada mais.

fotógrafo Carlos JGM 4.JPG

 sexy slow cloud motion.JPG

fotógrafo Carlos JGM  3.JPG

Podes seguir o trabalho do Carlos JGM no site Slow Motion Clouds e também através do Instagram.

 

Pedro Arrayano