Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Acompanha aqui o #orgulho2017

Está a ser assim o Eros Porto

 Eros Porto HOT GAY.jpg

Teve início esta quinta-feira, e decorre até Domingo, dia 12 de Março, a décima edição do Salão Erótico do Porto, uma organização dirigida ao público em geral que reúne produtos, serviços e profissionais da área do sexo na Exponor, em Matosinhos.

No enorme espaço da feira, e funcionando segundo uma lógica de stands individuais de enorme variedade – venda de artigos para potenciar o prazer (a dois ou não), tatuagens, espectáculos de sexo ao vivo (com participação do público ou não), estúdios de fotografia e vídeo, “aulas” de sexo, sessões privadas, desfile de roupa íntima e sensual, área BDSM, zona swing, exposições de arte erótica ou balcões de aconselhamento de saúde – Eros Porto 2017 proporciona aquilo que já vem sendo banal dentro deste género de certame. Implicam pagamento à parte os serviços que prometem maior proximidade com as estrelas da pornografia e que em geral decorrem em espaços reservados. Consiste, não obstante, numa oportunidade de quebrar barreiras e tabus associados aos brinquedos e potenciadores sexuais, bem como às formas de desejo não normativas (como a área HotGay, com números eróticos e pornográficos de diversas configurações; nesta zona, onde não é permitido fotografar, existe ainda um quarto escuro e são feitas massagens). Certos serviços são reservados a casais para iniciação ou desfrute com outros presentes. Lapdance, transformismo, glory hole, “lugar às novas”, concurso de strip-tease, sessões de gang bang – no Eros Porto não há falta de contexto para experimentar aquilo que deseja ou imagina e que talvez não tenha ainda tido possibilidade de experimentar.

eros3.JPG

Os preços de entrada são (para um dia) por pessoa 13 euros (deficientes, reformados, desempregados e pessoas com 18 anos pagam 12 euros), casal 24 euros e entrada para os quatro dias fica por 40 euros.

Mais de uma centena de artistas – estão presentes protagonistas do cinema e da fotografia (como Amarma Miller, por exemplo) em 14 palcos prometem muita animação estes dias no Porto, com centenas de actuações. Para quem precisar de repor energias, existem bancas de comida e bebida. E uma zona VIP: será que é lá que estão as pessoas vestidas? #erosporto2017

 

Álbum de fotos completo no Facebook do dezanove

 

Texto: MG

Fotos: Pedro Dourado

2 comentários

Comentar