Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Eurovisão: Com os olhos na final

PORTUGAL SALVADOR.png

Quinta-feira 11 de Maio de 2017. Os ânimos das portuguesas e portugueses, tanto fãs como jornalistas e artistas aqui em Kiev já estão mais aliviados ao saber que Portugal está apurado para a final.

Não querendo deitar foguetes antes da festa, muitas pessoas perguntam-nos se este “será o ano de Portugal na Eurovisão?”. Ainda faltam todas as actuações da semi-final de hoje, as dos “big five” e a do próprio país anfitrião. Tudo está em aberto e ainda é prematuro apostar numa ou num vencedor porque afinal, isto é a Eurovisão da Canção onde tudo pode acontecer. Quem diria em 2016, quando estávamos em Estocolmo, que este ano estaríamos em Kiev, na Ucrânia, quando as favoritas eram a Rússia e a Austrália? 

Hoje participam os restantes 18 países não incluindo os “big five”: Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Espanha e o país anfitrião, a Ucrânia”. Entre os favoritos estão a Bulgária com a canção “Beautiful Mess” a Estónia com “Lost in Verona”, Israel com “I Feel Alive” e a Áustria com “Running on Air”. Segundo as previsões antecipadas (valem o que valem) com a combinação dos votos dos fãs e da imprensa aqui em Kiev.

No fim do espetáculo desta noite (transmissão em diferido na RTP1 a partir das 22 horas), mais dez países serão eleitos para participarem na final. Já tens os teus preferidos? 

Acedam e acompanhem os resultados das várias sondagens aqui: http://eurovision.votr.se/score_display/overview.cfm

 

Relativamente a questões LGBTIQ em Kiev: E para todos os efeitos vou limitar-me a Kiev e não à Ucrânia por inteiro. Não aparenta nada drasticamente fora do “normal”. Vêem-se pessoas sobretudos jovens obviamente LGBT nas ruas da capital como qualquer outra, se bem que até agora não vimos afectos entre pessoas do mesmo sexo fora da bolha da Eurovisão. Destaque ainda para a segurança. Um tema importante na Eurovisão: existe uma forte presença policial dentro e à volta do recinto.

O que se destaca mais na minha óptica como observador do dezanove.pt, e comparativamente a anos anteriores, é a ausência de bandeiras arco-íris. Até agora apenas vi duas bandeiras durante o espectáculo da primeira semi-final. Algo para reflectir quando o tema do evento é “Celebrar a Diversidade”.

 

Ricardo Duarte, em Kiev