Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Fez comentários homofóbicos mas ganhou a Eurovisão

mans_zelmerloew_18.jpg

“Não é natural que um homem queira dormir com outro homem.” A frase é de Måns Zelmerlöw, o cantor sueco que venceu o festival Eurovisão 2015, com a música “Heroes”.

O sueco disse durante um programa de televisão que “não havia nada de errado com isso, mas o mais normal era que um homem e mulher tivessem filhos juntos”. Mais tarde, após a polémica que se instalou, o cantor veio pedir desculpas pelas declarações, assegurando que respeitava “todas as formas de amor”. Måns ficou conhecido na Suécia pela participação no programa "Ídolos" em 2005.

suecia.jpg

As declarações são anteriores à escolha como representante do seu país na competição que decorreu em Viena. No entanto, o caso não foi esquecido na conferência de imprensa após a vitória na capital austríaca. Mans voltou a reiterar: Senti-me muito bem recebido pela comunidade gay. Sinto que aceitaram as minhas desculpas sobre o que disse no passado".

A Suécia ficou em primeiro lugar na Eurovisão 2015, seguida pela Rússia e pela Itália. As pontuações mais altas de Portugal foram para a música da Suécia (8 pontos), Rússia (10 pontos) e Itália (12 pontos). A canção “Há um Mar que nos Separa”, interpretada por Leonor Andrade, não passou à final.

 

Vê aqui todas as fotos do dezanove na Eurovisão

13 comentários

Comentar

Pág. 1/2