Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Frederico Lourenço vence 30º Prémio Pessoa

Frederico Lourenço Prémio Pessoa

O escritor, tradutor e professor universitário Frederico Lourenço foi o vencedor do Prémio Pessoa 2016.

 

O Prémio Pessoa distingue há 30 anos personalidades de nacionalidade portuguesa das áreas cultural, literária, científica, artística ou jurídica.  O prémio tem o valor de 60 mil euros e é uma iniciativa anual do jornal Expresso, com o patrocínio da Caixa Geral de Depósitos.

Casado e assumidamente homossexual Frederico Lourenço começou este ano a traduzir os quatro evangelhos do Novo Testamento. “Não me parece possível, enquanto linguista que sou, reinterpretar as passagens condenatórias da homossexualidade de modo a torná-las inócuas ou gay friendly sem forçar o texto a dizer o contrário daquilo que ele, de facto, está a dizer”. “Estou a traduzir o texto exactamente como ele é, independentemente das minhas opiniões pessoais sobre o que esse texto diz” explicou numa entrevista dada ao dezanove.pt no passado mês de Outubro. 

O júri do Prémio Pessoa 2016 foi constituído por Francisco Pinto Balsemão (presidente), António Domingues (vice-presidente), António Barreto, Clara Ferreira Alves, Diogo Lucena, Eduardo Souto de Moura, José Luís Porfírio, Maria Manuel Mota, Maria de Sousa, Mário Soares, Pedro Norton, Rui Magalhães Baião, Rui Vieira Nery e Viriato Soromenho-Marques. 

Em 30 edições, Frederico Lourenço é o primeiro homossexual assumido a vencer o Prémio Pessoa.

 

Foto: Ricardo Almeida