Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Geórgia: Assassinado activista transgénero

georgia.png

A polícia de Tbilisi (Geórgia) deteve Levan K., de 26 anos, acusado de assassinar um homem transgénero Beka B., de 23 anos, activista do movimento LGBT e presença frequente nos media e nas manifestações. O crime ocorreu na noite de 11 de Novembro.

“A investigação determinou que o sr. Levan K., na noite de 11 de Novembro, num apartamento arrendado, após uma discussão com o seu conhecido Beka B., nascido em 1991, fez-lhe vários ferimentos com uma faca, provocando a sua morte imediata”, descreve a polícia. Na origem do crime estaria, segundo a polícia, uma dívida de Beka B. ao presumível assassino.

Já o grupo de defesa de direitos dos LGBT na Geórgia, o Identoba, afirmou que este assassinato é baseado no ódio aos gays e lésbicas. “A polícia quase sempre recusa os motivos homofóbicos como motivo de crimes, preferindo justificar este tipo de acontecimentos como assassinato intencional, hooliganismo ou outro motivo”, considera a organização.

A. Iourtchenko