Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Homens trans lançam campanha contra estereótipos de beleza

luciano palhano 1.jpgluciano palhano 2.jpg

Lembram-se da fotografia que o modelo Aydian Dowling fez para a revista FTM Magazine e que se tornou viral tendo obtido inúmeros likes e comentários? E que foi partilhada em diversos blogs, sites e redes sociais e, que até foi notícia aqui no dezanove?

Surgiu agora um movimento contraditório e crítico em relação a essa fotografia numa campanha apelidada de “#vaibrotardochão”.

“#vaibrotardochão” foi criada por apoiantes do movimento de homens transexuais no Brasil que pretendem questionar e alertar para os padrões de beleza que são impostos aos homens transexuais. Segundo os mesmos, sentem-se pressionados e forçados a atingir um ideal de aparência masculina para serem aceites. Aydian Dowling, apesar alheio a estas questões, encaixa, em pleno, no estereótipo e ideal de aparência, ou seja, homem transexual, branco, musculado, de corpo definido e trabalhado, de aparência viril e totalmente masculina, algo que os apoiantes da campanha lamentam por se sentirem oprimidos ao não corresponder a essa figura idealizada e que acontece na larga maioria dos homens trans.

Nossos corpos são legítimos e merecem ser amados

Luciano Palhano, coordenador nacional do Instituto Brasileiro de Transmasculinidades, é o promotor desta campanha. Luciano foi o primeiro a partilhar a sua própria imagem e a apelar que outros homens trans colaborem numa tentativa de aceitarem os homens trans tal como são e não apenas se estes se encaixarem no estereótipo.

Acompanha esta iniciativa através da hastag #vaibrotardochão no Facebook.

 

Marta Santos