Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Homens turcos usam mini-saia pelos direitos das mulheres

turquia.jpg

Homens vestidos de saia marcharam na semana passada pelas ruas de Istambul em defesa dos direitos das mulheres.

O protesto simbólico surgiu em resposta ao assassínio de Ozgecan Aslan, uma estudante de 20 anos que foi sequestrada e espancada até a morte por um motorista de autocarro, que também terá tentado violá-la. As circunstâncias da sua morte, no dia 11 de Fevereiro, originaram manifestações por toda a Turquia e a utilização maciça da hashtag #OzgecanAslan nas redes sociais.

Os manifestantes escolheram usar saia para contrariar a noção, na Turquia e não só, de que uma peça de roupa pode servir de pretexto para assédio.

“Se as mini-saias são responsáveis por tudo, se [vestir] uma mini-saia significa imoralidade e não ser casta, se a mulher que veste uma mini-saia envia uma mensagem de convite do que acontecerá com ela, então nós [homens] também estamos a enviar uma mensagem!”, disse um dos manifestantes, citado pela BBC.

Nas redes sociais, muitas mulheres turcas já ousaram falar e partilhar as suas experiências de assalto e misoginia, usando a hashtag #sendeanlat. Em Janeiro, foram assassinadas 27 mulheres na Turquia, segundo o New York Times. Quarenta mulheres portuguesas morreram em 2014 devido à violência doméstica.

 

Pedro Arrayano

1 comentário

Comentar