Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Jornal de Negócios permite comentários homofóbicos no seu site

António Simões, CEO no Reino Unido do banco HSBC, foi entrevistado pelo Jornal de Negócios na passada sexta-feira. O banqueiro, que ocupa a primeira posição no ranking do Financial Times dos homossexuais mais influentes no mundo das finanças e dos negócios, conta que é que é mais improvável ter 39 anos e liderar 43 mil pessoas do que ser gay e liderar 43 mil pessoas.

O excerto da entrevista colocado online no site do Negócios apresenta há vários dias comentários homofóbicos. Aí pode ler-se mensagens de leitores como “O artigo diz que ele tem marido, logo o gajo leva mesmo no cu”, “também és rabeta deves pegar de empurrão” e “há também muitos a levar no cu. Esta bixona vem para aqui arrotar postas de pescada apaneleirada”.

A publicação de comentários homofóbicos em sites de jornais já foi condenada pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), no entanto os comentários homofóbicos e que apelam à violência continuam a ser frequentes.

2 comentários

Comentar