Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Jovem espancado por ser gay

gay espancado devin norman.jpg

Devin Norman, um homossexual de 26 anos, residente em Corinth no Mississippi (EUA), foi alvo de um ataque na passada sexta-feira.

 

Tudo aconteceu num parque de estacionamento de um supermercado da Walmart quando James Davi Scott, de 23 anos, confrontou Norman, alegadamente devido a uma fotografia publicada no Facebook. Na opinião de James uma fotografia sobre dança seria aparentemente “de natureza sexual”. O jovem passou depois para agressões severas e insultos sobre a orientação sexual de Devin. Do ataque resultou a hospitalização de Devin, a quem foi diagnosticado múltiplas fracturas faciais, inclusive no osso da órbita ocular.

James Davi Scott foi detido pelo ataque e agressão a Devin, porém as leis do Mississipi não protegem os LGBT especificamente contra crimes de ódio, ao contrário do que acontece com as leis de crimes de ódio federais nos Estados Unidos. É algo que Devin espera que aconteça, depois de ter publicado também no Facebook a foto com que ilustramos esta notícia. No entanto, a foto em causa foi entretanto removida pelo Facebook por não respeitar os termos e políticas desta rede social. É por essa razão que vários activistas que defendem os direitos LGBT continuam a partilhar a foto para mostrar aos Estados Unidos e ao mundo que Devin nunca deveria ter sido alvo de um crime hediondo e cheio de ódio devido à sua sexualidade.

 

Marta Santos

 

3 comentários

Comentar