Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Mar Salgado entra na recta final. Onde fica a história de Joana e Catarina?

Sofia Sá Bandeira e Sofia Cerveira Mar Salgado.jp

A novela da SIC “Mar Salgado” mantém-se como o programa mais visto da televisão portuguesa desde a sua estreia. No mês de Maio, por exemplo, a novela foi vista por perto de 1 milhão e 500 mil telespectadores, o que corresponde a uma quota de mercado de 31.4%. Resta saber o que vai acontecer a  Joana e Catarina.

Após quase seis meses sem a presença de Joana (personagem interpretada por Sofia Cerveira), o, suposto, casal lésbico da trama voltou a aparecer nos ecrãs. Catarina (personagem interpretada por Sofia Sá da Bandeira) esteve sempre presente pois a sua história gira, demasiado, à volta do filho adoptivo.

A história das duas acabou por não ter o desenvolvimento que a premissa inicial fazia supor  e inclusive era uma abordagem original, porém as intenções não passaram disso mesmo, até ao momento. É natural que muitos dos fãs da novela, que diariamente são sempre mais de 1 milhão não se tenham sequer apercebido que Joana e Catarina seriam, ou eram para ser, um casal. Foi tudo muito discreto, demasiado dirão alguns.
Ainda faltam algumas semanas, mas a verdade é que o interesse inicial e até curiosidade diminuíram bastante, dado o arrastar da história no geral e no quase desaparecimento de Catarina e Joana em particular. Mais uma vez um canal de televisão tenta, mas a meio parece que se arrepende e depois não sabe para que lado ir. Já tinha acontecido o mesmo em "Podia acabar o Mundo" - se bem que dessa vez o casal ainda se beijava agora é um beijo na cara como amigas que se encontram.

lesbicas Mar Salgado.jpg

Nada há a apontar às actrizes Sofia Sá da Bandeira e Sofia Cerveira que têm feito o que podem com o material que lhes é dado e têm demonstrado que quantidade não é qualidade pois a emoção e cumplicidade que colocam em cada cena juntas transmitem uma veracidade que se saúda e que torna mais fácil a aceitação. 

Regista-se com muito agrado também a aposta das marcas portuguesas presentes na novela que todas elas envolveram a personagem de Catarina o que mostra que ao menos essas valorizam e sabem que a variedade do público é uma mais-valia.
Nas últimos tempos voltaram a dar-nos alguns minutos da história de Joana e Catarina. Aqui ficam para recordar:

Fim do namoro (Fevereiro):

 

O reencontro (quase 6 meses depois):

 

 

A primeira conversa:

 

Segundo a sinopse, em breve vamos começar a ver Catarina a impor-se ao filho, a mostrar a este que o mundo não gira à sua volta e a defender a sua relação com Joana.

 

Paulo Monteiro em colaboração com a Página Joana e Catarina - Mar Salgado 

2 comentários

Comentar