Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Acompanha aqui o #orgulho2017

Marcha Slutwalk Porto a 1 de Outubro (actualizada)

My pussy my choice.jpg

Pelo sexto ano Portugal irá ser palco de mais uma manifestação Slutwalk.  Será a 1 de Outubro, na Praça dos Leões, a partir das 23 horas, no Porto.

 

O termo “slutwalk” traduzido para português significa “galdéria”, “vadia” ou "ordinária". Este movimento internacional teve origem em Toronto, em 2011, quando um agente da polícia aconselhou as mulheres a “não se vestirem como "galdérias” para se precaverem contra o assédio sexual. A indignação gerada por estas declarações foi rapidamente propagada em vários países e em várias cidades organizaram-se manifestações. Portugal foi um dos primeiros países a aderir.

O objectivo da manifestação é demonstrar de forma pública uma posição contra a cultura da violação e da culpabilização das vítimas (nomeadamente pelas roupas que vestiam no momento do ataque), unindo pessoas de todo o mundo e incitarem-nas precisamente a ocuparem as ruas, reclamando um espaço público seguro e livre de assédio verbal, físico, moral e/ou sexual. Com este intuito em mente, Sábado, 1 de Outubro, a Marcha Slutwak percorrerá algumas ruas do Porto. Mais informações sobre horários, percurso e como contribuir poderão ser consultadas brevemente na página do movimento: https://www.facebook.com/SlutwalkPorto

A seguir à marcha haverá um encontro no espaço Maus Hábitos para que sejam apresentados projectos artísticos ou testemunhos de experiências relacionadas com violência de género, macro e micro-agressões, homofobia, racismo, em suma, todos os momentos em que alguém se sentiu que a rua não fosse um espaço seguro. Para isso a organização da marcha, que é composta por vários activistas de defesa dos Direitos Humanos, apelam para que as pessoas interessadas entrem em contacto com a Slutwak através de e-mail ou tumblr.

Notícia actualizada a 29 de Setembro com nova data.

 

6 comentários

Comentar