Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

O lado LGBT dos Globos de Ouro (com vídeos)

A Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood (Hollywood Foreign Press Association) entregou este Domingo os Globos de Ouro.

Um dos grandes destaques desta edição vai para “O Clube de Dallas” (2013, Jean-Marc Vallée), que estreia em Portugal esta semana (16 de Janeiro), e que foi agraciado com dois Globos de Ouro para Matthew McConaughey como Melhor Actor (Drama) e para Jared Leto, o conhecido cantor da banda 30 Seconds to Mars, como Melhor Actor Secundário. O filme retrata a história verídica de Ron Woodroof (McConaughey), um cowboy, que em 1985 é diagnosticado com VIH/sida e a quem lhe dão 30 dias de vida. Após um período de negação, Ron começa a ser tratado com AZT, que quase o conduz à morte. Decide então procurar tratamentos alternativos e, com a ajuda da sua médica e de Rayon (Leto), um travesti também infectado, cria o Clube de Dallas (Dallas Buyers Club), cujo objectivo é fornecer os mesmos medicamentos a outras pessoas na mesma situação.

Em televisão, “Por Detrás do Candelabro” (2013, Steven Soderbergh) arrecadou mais dois prémios, a acrescentar à sua extensa lista de troféus, um para Michael Douglas como Melhor Actor em Telefilme ou Minissérie, pelo seu papel como Liberace, e outro como Melhor Telefilme ou Minissérie.

Agora esperamos pelos nomeados e pelos vencedores dos Óscares.

 

Luís Veríssimo