Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

O que fazer no 17 de Maio (e dias seguintes)

 

pride 2018.jpg

 

A propósito do Dia Nacional e Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia, que se assinala a 17 de Maio, estão previstas várias iniciativas de norte a sul do país. Destacamos vários eventos que prometem agitar consciências e alertar contra a discriminação, incluindo os primeiros Orgulhos LGBTI em Bragança e Faro.

 

 

Lisboa

9h. Hastear da bandeira do arco-íris na varanda do Salão Nobre dos Paços do Concelho.

 

11h45. Hastear da bandeira arco-íris no edifício sede da Junta de Freguesia da Misericórdia 
pela presidente da Junta e pelo presidente da ILGA Portugal. Mais info. 

 

14h30. Na Praça de São Paulo, a Câmara Municipal de Lisboa, a Secretaria de Estado da Saúde, a Direcção-Geral da Saúde, a Universidade Nova de Lisboa e o Grupo de Activistas em Tratamento assinam protocolo Fast-Track Cities Lisboa com vista à implementação conjunta, na Cidade de Lisboa, do compromisso “Fast Track Cities: Ending The AIDS Epidemic” – Cidades na Via Rápida para acabar com a epidemia de VIH e SIDA.

 

15h. A APAV – Associação Portuguesa  de Apoio à Vítima e a ILGA Portugal assinam, no Centro LGBT  um protocolo que irá enquadrar a cooperação institucional entre as duas entidades no âmbito dos direitos, protecção e apoio às vítimas de crime e de violência. 

 

16h. A partir das 16h, a rede ex aequo estará na Praça Luís de Camões a sensibilizar a população com abraços e informação para a luta contra a discriminação com base na orientação sexual, identidade e expressão de género.  

 

18h. Debate no Técnico. O QueerIST, secção autónoma da Associação dos Estudantes do Instituto Superior Técnico que procura dar visibilidade à comunidade LGBT+, promove a conferência "Jovens LGBT e a Sociedade Actual", na sala VA4 do Pavilhão de Civil do IST. Estarão presentes Alexandre Passo (presidente da Associação dos Estudantes do IST), Catarina Marcelino (deputada e ex-secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade), Joana Cadete Pires (representante da ILGA Portugal), João Roxo (médico responsável pela área cientifica do CheckpointLX e representante do GAT) e Ricardo Robles (vereador do pelouro de Direitos Sociais e Cidadania na Câmara Municipal de Lisboa). Mais informações aqui. 

 

Porto

13h. O Núcleo LGBTIS  da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP), em parceria com a Aliança da Diversidade da ILGA-Portugal, lança um desafio a toda a comunidade da faculdade. A partir das 13h, os membros da FPCEUP estão convidados a juntar-se na entrada da faculdade para uma foto colectiva, envergando uma peça de roupa roxa/lilás. Pretende-se desta forma alertar simbolicamente para o preconceito e a discriminação que a comunidade LGBTI ainda tem que enfrentar na actualidade. O Centro Gis juntar-se ao evento com a sua unidade móvel de saúde, para uma acção de sensibilização que inclui a distribuição de material informativo e contraceptivo.


15h30. O HeforShe Faculdade de Letras da Universidade do Porto organiza o debate "O género na Academia" com a sub-directora da Faculdade de Letras da Universidade do Porto e com a professora Isabel Dias, da APi - Associação Plano i e da It Gets Better Portugal. O debate decorre no Anfiteatro 2 da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Mais info. 

 

Coimbra

9ª Marcha Contra a Homofobia e Transfobia. Às 17h concentração no Jardim do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha. 17h30: partida com o seguinte percurso: Avenida João das Regras; Ponte de Santa Clara; Praça da Portagem; Rua Ferreira Borges e Visconde da Luz. Termina na Praça 8 de Maio. À meia-noite há festa no Aqui Base Tango. Mais info.

 

Faro. A Associação Xis promover o I Encontro LGBTI Algarve a partir das 9h30, na sede do Club Farense solar dos Pantojas, situado na Rua de Santo António, N.º 30, Faro. Participam a deputada socialista Catarina Marcelino, a directora da Segurança Social de Faro, Margarida Flores, e representantes da MAPS – Movimento de Apoio à Problemática da Sida, Associação de Planeamento Familiar e Sê Mais Sê Melhor. Mais informalções aqui. Recorde-se que a 19 de Maio, Sábado, decorre a primeira Marcha e Arraial LGBTI do Algarve.

 

Funchal. A bandeira do arco-iris será colocada na Camara Municipal do Funchal às 9h30, o documentário "RIP 2 Myh Youth" será apresentado na Sala da Assembleia Municipal e às 16h30h serão distribuidos abraços grátis com a rede ex aequo no centro da cidade. 

 

Viseu

17 de Maio. Das 16h às 20h encontro na rua Formosa. Mais info aqui. 

18 de Maio (22h). A Amnistia Internacional -Grupo de Viseu em parceria local com a Pausa Possível - Associação Cultural promovem o debate “Identidade de género – A Coragem de lutar pelo direito a sermos nós próprios”, com Pedro A. Neto (director-executivo da Amnistia Internacional Portugal), Rosa Monteiro (Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade) e Manuel Abrantes (Adjunto do Gabinete da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade). Local: Assembleia Municipal, Solar dos Peixotos. Mais info.

 

Outras iniciativas

A associação LGBT Pride Azores, junta-se a várias entidades, para lançar um cartaz nas redes sociais para dar visibilidade às pessoas LGBTI sénior. “No dia 17 de Maio lembre-se de todas as pessoas que fizeram ou fazem parte da sua vida, e ainda são discriminados por serem humanos, especialmente os que já tem mais experiência de vida”, destaca a associação.

 

Duas concentrações em frente ao Parlamento

Para sexta-feira, 18 de Maio, a TransMissão: Associação Trans e Não-Binária está a promover uma acção conjunta para protestar o veto presidencial do diploma que estabelece a autodeterminação e protecção de características sexuais. A acção decorre em frente à escadaria da Assembleia da República, entre as 18h00 e as 21h. Rambém para sexta-feira às 19h está prevista uma vigília em frente à Assembleia da República, promovida pela plataforma PMA para Todas, a pedir a definição e a clarificação da legislação respeitante à gestação de substituição. Mais info. 

 

Duas novas Marchas em Portugal

No Sábado decorrem duas novas marchas do Orgulho LGBTI em território nacional. Em Bragança sai à rua a Marcha do Orgulho LGBT e em Faro a primeira Marcha e Arraial LGBTI de Faro.