Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

O turismo gay representa mais do que turismo da China

FITUR Gay LGBT

Começou esta quarta-feira e decorre até ao próximo Domingo, 21 de Janeiro de 2018, a 8ª edição da FITUR Gay LGBT, a maior feira de turismo dedicada a este segmento, integrada na 30ª Feira Internacional de Turismo de Madrid (FITUR) que decorre na IFEMA, o equivalente à FIL ou Exponor, em Portugal.

Nesta edição é possível visitar vários stands de toda a Espanha: da Andaluzia, de Córdoba dedicado à gastronomia e turismo gay friendly, o stand de Málaga Friendly 2018, o das Astúrias com a apresentação do seu paraíso natural, o stand de Maspalomas nas Canárias, o stand da cidade de San Bartolomé de Tirajana e Ibiza, o stand da Câmara Municipal de Torremolinos, o stand da Extremadura, o de Bilbau - Vizkaya, o da Generalitat Valenciana e o da LGBT Tourism Association de Benidorm. Por outro lado, o turismo LGBT na América Latina também será promovido por países como México, Argentina, Costa Rica e Colômbia.

FITUR Madrid

Neste certame será apresentado um relatório sobre o "World Pride Madrid 2017" e sobre o Gay LGBT Pride MADO 2018 bem como de iniciativas como o Mr. Gay Pride Espanha, GayDay e Cultura Viva. Além disso, haverá lugar para para promover festivais e iniciativas como o Festival Hansen & Partner/ELLA, Reprofiv, Women's Soccer Championship e a ALEC (Associação de Empreendedoras Lésbicas da Catalunha).

O evento contará ainda com uma série de shows preparados por Divas Disco, Nacha La Macha, Gay Pride Espanha, The Colorful Island e "WE LGBT Pride Festival 2018" entre outros.

O turismo gay (LGBTI) movimenta mais de 10 por cento do volume de turistas em todo o mundo, correspondendo a cerca de 15 por cento do total de gastos com turistas. O turismo gay (185 mil milhões de dólares/ano) supera em 55 por cento o primeiro emissor do turismo no mundo, a China (120 mil milhões de dólares ao ano), informa a FITUR Gay LGBT.

 

Vê como está a decorrer este certame no nosso álbum de fotos.

1 comentário

Comentar