Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Pastelaria que recusou fazer bolo de apoio ao casamento entre pessoas do mesmo sexo foi multada

 Pastelaria recusa fazer bolo de casamento gay Ashe

Os responsáveis por uma pastelaria situada em Belfast, na Irlanda do Norte, recusaram fazer um bolo com a frase “Apoiem o casamento gay” e, por essa razão, foram acusados de discriminação e multados.

O bolo com a mensagem em causa foi encomendado por Gareth Lee, activista pelos direitos das pessoas LGBT, mas a pastelaria recusou o pedido. O caso aconteceu há dois anos e o tribunal de Belfast considerou que o activista foi discriminado e os donos têm de pagar 460 euros a Gareth Lee.

Esta segunda-feira o recurso foi analisado pelo tribunal onde se pode ler que os responsáveis pela pastelaria não são obrigados a apoiar a causa gay, mas foi a palavra “gay” que provocou a discriminação dos pasteleiros que recusaram a encomenda. O juiz declarou que foi "discriminação directa".

A pastelaria Ashers é um negócio familiar da família McArthur, uma família de origem cristã e conservadora. Os proprietários alegaram que a mensagem do pedido de Gareth Lee era contra os seus princípios e defenderam-se dizendo que o pedido não foi feito pelo facto do cliente ser gay, mas pela mensagem do bolo.

Já Gareth Lee mostrou-se aliviado e agradecido pela decisão do tribunal.

 

Fontes: DN, BBC e Sky News

Mário Rui Domingues

1 comentário

Comentar