Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Porto é o centro da discussão sobre as margens LGBT

II Escrever nas Margens LGBT+ Sessão 1 por Pedro

Está de regresso o colóquio de investigação que pretende pensar a representação de temáticas marginais/marginalizadas na cultura portuguesa. O "Escrever nas Margens" foi criado em 2013 por Carolina Marcello e Ricardo Branco. A primeira edição foi subordinada ao tema "LGBT em Portugal" e decorreu no Porto.

Há dois anos os temas foram variados: De António Botto a Mário de Sá-Carneiro passando por João Pedro Rodrigues, Al Berto, António Variações entre vários outros. A literatura homoerótica, os comportamentos sexuais do Antigo Regime, o travestismo no cinema português e o activismo LGBT também foram abordados. 

Em 2015, o Escrever nas Margens está de volta ao Porto. A equipa conta com os reforços de Tiago Teles Santos e Paulo Brás e o tema central foi ampliado: É agora "LGBT+".  Para a equipa responsável pela iniciativa "a margem não se escreve apenas ao nível da sexualidade". A organização acredita “ser possível retomar a discussão onde a deixámos, alargando um pouco mais este ano a discussão ao não nos concentrarmos quase exclusivamente nem na literatura nem no espaço português (ainda que continuemos a querer que o encontro seja um reflexo da nossa cultura, ou da relação de outras com a nossa).”

II Escrever nas Margens LGBT+ Sessão 1 por Pedro

A segunda edição já começou na passada quinta-feira dia 7 de Maio e continua no espaço cultural Maus Hábitos, no Porto, nos dias 14, 21 e 23 de Maio.

Do programa constam conferências sobre Literatura, História e Teoria Queer, bem como intervenções de Street Art e uma feira do livro alusiva ao tema.

A sessão de encerramento está marcada para Sábado, 23 de Maio, onde será dado destaque às performances, leituras encenadas, mostras de trabalhos fotográficos e uma conferência LGBTQ/ Sex Positive durante a tarde. À noite realizar-se-á a terceira edição da festa Ruído Rosa que promete animar o público e fechar o evento com chave de ouro.

Paralelamente, estará patente, no Maus Hábitos, a exposição "Transcend.t - A queer themed screens exhibition" com curadoria de Daniel Pinheiro e um ciclo de cinema alusivo ao tema, organizado pela Milímetro, no Cinema Passos Manuel.

Pensado como um espaço que privilegia a troca de conhecimentos e pretende gerar um diálogo plural, o Escrever nas Margens terá, este ano, a participação de investigadores e artistas de  diversos pontos do país – tendo também participantes do Brasil e da Alemanha – com as mais variadas formações e graus académicos. Com o intuito de fornecer um lugar para partilha e discussão dos trabalhos que vêm sido criados em volta do tema, os encontros serão abertos a todas as pessoas que queiram debater, aprender, ensinar ou apenas ouvir.

Acede ao programa completo e acompanha o evento neste link: https://www.facebook.com/EscreverNasMargens