Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Porto recebe pela primeira vez a Marcha pela Igualdade

Uma semana depois da Marcha de Orgulho LGBT, o Porto volta a marchar "contra a discriminação", desta vez sob o tema da Igualdade. Mas afinal o que é esta marcha, o que defende e como surge? O dezanove foi falar com os organizadores e descobrir mais sobre a primeira Marcha da Igualdade.

Inserida na Semana Queer no Porto, a organização da Marcha é da responsabilidade da CASA – Centro Avançado de Sexualidades e Afectos – que, actuando em várias áreas de apoio, tem vindo a "atingir novos públicos específicos", diz José António Oliveira, membro da equipa de Sexologia da CASA. José António Oliveira categoriza esta marcha como "uma luta pelos Direitos Humanos", que incide em 20 temas na área da sexualidade e afectos com o objectivo de trazer "visibilidade na sociedade portuguesa".
A CASA garante que "a Marcha pela Igualdade não é uma marcha LGBT", uma vez que dos 20 temas-base da Marcha "apenas três" estão ligados à temática LGBT. O objectivo é dar visibilidade a outras questões ligadas à sexualidade e afectos, através da "inclusão de uma Agenda da Igualdade na Sociedade Civil", sublinha o mesmo responsável.
Várias são as instituições, nacionais e internacionais, que apoiam esta Marcha, inclusive a Câmara Municipal do Porto, o Programa Nacional para a Infecção VIH/SIDA, a Juventude Socialista, a Opus Gay, a It Gets Better, entre outras. A marcha, que se inicia às 15h na Praça do Marquês, contará ainda com a presença do presidente da Câmara do Porto, do vereador da Acção Social e da subcomissão parlamentar da Igualdade da Assembleia da República.
Confere os 20 temas da Marcha da Igualdade:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

André Faria

 

6 comentários

Comentar