Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Prince morre aos 57 anos: um ícone gay que passou a odiar os gays (com vídeos)

prince (1).jpg

O cantor Prince morreu aos 57 anos de idade. O corpo foi encontrado esta quinta-feira, na sua casa, no estado norte-americano de Minnesota.  A causa da morte ainda não é conhecida.

 

O artista é considerado por muitos um dos maiores ícones pop de todos os tempos. Músico multi-instrumentista e dançarino sempre teve uma imagem arrojada.

Prince tornou-se um fenómeno mundial nos anos 80, com "Purple Rain" (1984), frequentemente considerado um dos melhores álbuns de todos os tempos.

 

Nascido como Prince Rogers Nelson, o cantor e compositor mudou, na década de 90, o seu nome para um impronunciável "símbolo de amor", e escreveu a palavra "escravo" numa  bochecha, para protestar contra as condições contratuais da Warner.

Por fazer músicas provocatórias de elevado teor sexual, a sexualidade do artista foi várias vezes questionada. O próprio dizia que tinha “uma mulher dentro de mim”. O cantor casou-se duas vezes com duas mulheres: Mayte Garcia e Manuela Testolini.

Nos anos 80 foi considerado um ícone gay. Usava roupas coloridas e botas de salto alto para disfarçar os seus 1,60m de altura. Em 1981, na abertura de um concerto dos ‘Rolling Stones’ foi vaiado quando entrou em palco apenas de casaco e cuecas. O episódio acabou com o público a atirar-lhe lixo. No entanto, sempre afirmou que se sentia confortável com o seu visual excêntrico. 

Em ‘Dirty Mind’ (1980), o seu terceiro álbum, com um conteúdo sexualmente explícito, Prince canta sobre um utópico paraíso onde todos são livres para expressar-se independentemente da idade, orientação sexual e cor da pele.

A sua posição em relação aos gays mudou depois da morte do filho e de se converter em Testemunha de Jeová.  Aos 50 anos negou ter tido influência sobre os gays e disse ser contra os homossexuais. Uma das suas últimas músicas foi considerada homofóbica.

Prince.jpg

Prince 2.jpg

prince 3 .jpg

prince 4.jpg

Prince Gay.jpg

prince-purple-rain.jpg