Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Quatro propostas para o fim-de-semana em Lisboa

 

banana.jpg

Festas, performances e debate LGBT não vão faltar este fim-de-semana em Lisboa. Fica atento à nossa lista.

 

1. Conversa bicha. O Chá das Bichas não é um evento, é um espaço da responsabilidade das Bichas Cobardes. Um espaço que mensalmente abre portas no MOB, no Intendente, a qualquer pessoa que queira (des)conversar sobre assuntos queer, feministas, activistas, transversais ou paralelos. Temas para esta edição: Gender Trouble, sol, dádivas de sangue, Lei da Identidade de Género e Marcha de Coimbra. Sábado, a partir das 17h.

 

2. Nova We Party. A equipa do Trumps vai organizar pela primeira vez uma We Party, em Lisboa. Este conceito de festas nasceu em Madrid e é actualmente uma das principais festas do mundo dirigidas ao público gay. A We Party está marcada para sábado no espaço da discoteca Gossip, na avenida Brasília, 3154 (Alcântara). Esta é a primeira vez que a equipa do Trumps organiza uma festa fora da discoteca. Este é mais um passo na estratégia que temos para este ano de apresentar novos conceitos que vão marcar a noite de Lisboa. Para isso, nada melhor do que nos associarmos à We Party  na produção de uma das melhores festas da Europa”, explica Marco Mercier, director-geral do Trumps. Pela cabine vão passar os DJs internacionais Binomio e Ivan Pequeño, e House of Labs, DJ residente do Trumps.

 

3. Girlie Circuit Pre Party. Sábado a Society volta a ocupar a discoteca Trumps para apresentar mais uma festa exclusiva para mulheres. Depois de, em Março, terem organizado a primeira festa com a marca Society, desta vez os responsáveis atravessaram a fronteira para trazer para a capital portuguesa a Girlie Circuit Pre Party, a festa que antecede o Girlie Circuit, que é o maior evento para lésbicas do mundo e que decorre anualmente em Agosto em Barcelona. A Girlie Circuit Pre Party vai contar com a música de VonDoom, que é DJ residente do Girlie Circuit, e das DJs Society VonDi Carlo, MCDJ, Bonnie&Clyde e Mavery. A entrada custa 10 euros, através da Ticketline, e 12 euros, à porta no próprio dia (com oferta de uma bebida).

 

4. Domingo ao fim da tarde. A Galeria Zé dos Bois vai receber a primeira festa Mattachine em Lisboa, organizada com o apoio do colectivo Rabbit Hole. A Mattachine é uma festa promovida pelo realizador John Cameron Mitchell e pelos colaboradores Paul Dawson e PJ DeBoy no mais antigo e icónico bar gay de Nova Iorque ‘Julius’, local onde, em 1966, se realizaram os primeiros protestos a favor dos direitos homossexuais pela Sociedade Mattachine. As festas reavivaram o espírito da época e desde então Mitchell e seus parceiros trouxeram uma programação ecléctica e espontânea a estas noites.A entrada custa três euros. A festa começa às 18h, domingo.