Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Queer Lisboa 21: É pró menino (com trailers)

Heritage de Yuval Arahoni.jpeg

Este ano o Queer Lisboa tem filmes para todos os gostos, tanto para meninas como para meninos. Ainda bem que os filmes já não são o que eram e são de e para todas as pessoas. De todos os filmes que passam no Queer o dezanove.pt destaca cinco filmes no masculino para ver:

 

 

God's Own Country

Noite de Abertura

QL21_Gods Own Country.jpg

Johnny trabalha na fazenda remota da sua família, no norte de Inglaterra, completamente isolado. Entorpece a frustração diária da sua existência solitária bebendo consecutivamente no pub local e com sexo casual. Quando Gheorghe, um belo trabalhador romeno, chega para trabalhar temporariamente na fazenda, Johnny é obrigado a lidar com uma série de emoções que até então nunca tinha sentido. Forma-se uma relação intensa entre os dois que pode mudar a vida de ambos para sempre.

15 de Setembro,  21h, e 17 de Setembro, 17h15, Cinema São Jorge, Sala Manoel de Oliveira, de Francis Lee, Reino Unido, 2017.

 

Abu  

Competição para Melhor Documentário

QL21_Abu.jpg

A película é uma viagem até ao centro de uma família fragmentada enquanto os seus membros lutam com questões como a religião, sexualidade, colonialismo e migração. Através de uma tapeçaria de narrativas composta por imagens familiares de arquivo e filmes clássicos de Bollywood, o cineasta muçulmano, paquistanês e gay Arshad Khan leva os espectadores através dos relacionamentos tensos que opõem a família em relação ao destino, conservadorismo com liberalismo e modernidade com tradição.

16 de Setembro, 19h15, Cinema São Jorge, Sala 3, de Arshad Khan, Canadá,2017.

 

Heritage

Competição para Melhor Curta-Metragem, Programa de Curtas 2

heritage.jpg

Noam é um jovem gay que, logo após a morte do seu pai, descobre que este mantinha um romance secreto com outro homem casado. Noam encontra-se com esse homem sem revelar a sua identidade. Carrega, assim, o segredo do pai.

18 de Setembro, 19h15, Cinema São Jorge, Sala 3, de Yuval Arahoni, Israel, 2017.

 

Berlin Drifters

Hard Nights

QL21_Berlin Drifters.jpg

Koichi e Ryota, ambos japoneses, conhecem-se numa certa noite num clube de sexo de Berlim. Ryota chegou à cidade para visitar um alemão que “conheceu" numa aplicação de engates. A sua grande esperança num romance rapidamente se desvaneceu uma vez que o alemão só queria sexo. Por alguma razão, Koichi deixa que Ryota fique no seu apartamento. Fazem sexo. Ryota sai quase todos os dias para ter sexo, mas volta sempre à casa de Koichi. E este sente cada vez mais uma sensação estranha, que não é propriamente frustração ou curiosidade, e, gradualmente, entrega-se ao sexo com Ryota.

22 de Setembro,  23h59, Cinema São Jorge, Sala Manoel de Oliveira, de Kôichi Imaizumi, Japão, Alemanha, 2017.

 

100 Men

Panorama Documentários

QL21_100Men (1).jpg

O realizador Paul Oremland propõe-se a encontrar e falar com alguns dos homens mais memoráveis que conheceu através do sexo. No processo, acaba por explorar quatro décadas de mudanças de atitudes em relação à homossexualidade. Através de entrevistas sinceras, emotivas e surpreendentes. Após a exibição do filme segue-se um debate com a participação do CheckpointLX.

23 Setembro,  17h15, Cinema São Jorge, Sala Manoel de Oliveira, de Paul Oremland, Nova Zelândia, 2017.

 

Luís Veríssimo