Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Queer Lisboa 21: T e todas as letras do alfabeto (com trailers)

QL21_Transit Havana.jpg

O Queer Lisboa está aí e à 21.ª edição já não tem que dar justificações com quem faz sexo ou com quem acorda na sua cama, envolto em lençóis de cetim e cheio de purpurinas. O Queer Lisboa não é só pró menino ou prá menina, é de Tod@s. O dezanove.pt destaca em seguida cinco filmes T a não perder.

 

Calamity

QL21_Calamity.jpg

 

France conhece pela primeira vez a filha do namorado. E perde o controlo...

17 Setembro, 19h15, Cinema São Jorge, Sala 3, Competição para Melhor Curta-Metragem, Curtas 1, de Séverine de Streyker e Maxime Feyers, Bélgica, 2017.

 

Close-Knit

QL21_Close Knit.jpg

Numa Primavera, Hiromi, mãe de uma menina de 11 anos, Tomo, saiu de casa pela enésima vez. Tomo já está habituada e, como sempre, mudou-se para a casa de Makio. Makio é irmão de Hiromi e vive com Rinko, a sua belíssima namorada. Na verdade, Rinko é uma mulher transgénero. Rinko cozinha refeições deliciosas e é carinhosa com Tomo. Está um pouco confusa, mas Tomo, Rinko e Makio começam a viver juntos. Um dia, Rinko ensina Tomo a tricotar para controlar o seu temperamento. Na puberdade, quando lutava com a sua sexualidade, Rinko também foi ensinada pela mãe a tricotar. Uma filha negligenciada pela mãe. Um tio gentil e a sua paixão transgénero. Um menino angustiado que sente ser gay... Um "tricô" que reorganiza esta família não convencional.

17 Setembro, 19h30, Cinema São Jorge, Sala Manoel de Oliveira, Competição Longas-Metragens, de Naoko Ogigami, Japão, 2017.

 


Casa Roshell

QL21_Casa Roshell.jpg

Roshell, de 51 anos, e Liliana, de 43, gerem juntas a Casa Roshell. Como um espaço utópico, este lugar é um esconderijo para os homens que vivem reprimidos nos seus desejos de feminização e travestismo. Uma pequena sala com um palco recebe os seus convidados com intimidade, entre performances políticas e playbacks. As conversas ganham um cunho existencialista quando surgem frustrações e os sonhos se concretizam. Sonhos sobre a dualidade dos géneros e a sua realidade como homens biológicos, sobre os seus desejos inatos e a constante busca da identidade.

21 Setembro, 21h30, Cinema São Jorge, Sala 3, Competição Queer Art, Longa-Metragem, Docu-ficção, de Camila José Donoso, Chile e México, 2017.

 


Transit Havana

Em Havana, as transexuais Odette, Juani e Malú aguardam pela cirurgia genital, realizada pelos cirurgiões europeus e organizada por Mariela Castro, directora do Centro Nacional Cubano de Educação Sexual. Filha do presidente, Raúl Castro, Mariela lidera uma revolução sexual no quadro do socialismo cubano. As novas possibilidades enfrentam problemas antigos: encontrarão as pessoas trans cubanas a felicidade, apesar da intolerância, da pobreza e da prostituição?

22 Setembro, 19h30, Cinema São Jorge, Sala Manoel de Oliveira, Longa-Metragem, Documentário, Panorama, de Daniel Abma, Holanda e Alemanha, 2016.

 

Rute

Uma rapariga trans passeia por Lisboa com um rapaz que ela nunca conheceu antes.

23 Setembro, 15h, Cinema S. Jorge, Sala 3, Competição In My Shorts, Curtas In My Shorts 2, de Ricardo Branco, 2017.

 

 

Luís Veríssimo