Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Seis revistas gay que devias conhecer

 

foto_2809.jpg

Apesar do crescimento da internet, continua a haver publicações em papel dirigidas ao público gay que merecem ser conhecidas. Aqui fica a nossa selecção.

 

Hello Mr. É uma revista publicada duas vezes por ano que, desde 2013, partilha interesses da comunidade gay. Apresenta artigos intemporais sobre estilo de vida, cultura e histórias pessoais de homens comuns, e ainda conversas informais sobre os amores, medos e perspectivas futuras do herói que surge na capa de cada edição. Através de uma curadoria cuidadosa esta publicação constrói uma reflexão atual e complexa da vida gay.

 

Kink. É um projecto homoerótico idealizado por Paco y Manolo, de Barcelona. Durante as suas viagens, os dois fotógrafos procuram inspiração na simplicidade e naturalidade do corpo nu masculino. Captam momentos íntimos de beleza clássica e comum, uma visão espontânea, selvagem e fetichista, em perfeita comunhão com a Natureza.

 

Gayletter. Começou a sua história em 2008 como um blogue semanal sobre estilo de vida e um guia de eventos relevantes. Dada a sua grande popularidade, a partir de 2014 o blogue passou a um formato em papel. A revista binanual é um trabalho idealizado por Tom Jackson e Abi Benitez, representando uma visão jovem e dinâmica da comunidade LGBT. A publicação vai ficar disponível em papel em breve.

 

Snaps. A fanzine que se dá pelo nome Snaps é um projecto do brasileiro Gianfranco Brinceño, que capta a beleza do corpo jovem masculino no ambiente mais natural e intimo, sem cair no cliché da erótica comum. Cada edição tem uma tiragem limitada e todas as cópias são assinadas pelo fotógrafo.

 

Butt. Em 2001 nasceu uma pequena revista de páginas cor-de-rosa que se distinguiu do arquétipo de revista gay. A fotografia erótica não comercial e a abordagem aberta sobre sexo criou uma rede das fãs internacional e despertou a vontade de artistas e escritores a participarem no projeto. Em 2011 foi lançada a última edição da revista tornando-se desde então uma publicação de culto, procurada por coleccionadores. O livro Forever Butt é um memorial que inclui uma colecção de projetos fotográficos, entrevistas e textos que sagram a experiência de 10 anos desta revista trimestral.

 

Naked Books. Falando em publicações LGBT não podemos esquecer um projecto que nasceu em Portugal. A publicação Naked Books é um pequeno livro da autoria do fotógrafo Pedro Ivan Serralva (aka Pics of You), com fotografias de alta qualidade onde a cada página se cria uma ponte surpreendente entre o corpo masculino e o espaço, os objectos ou a natureza.

 

Arturas Slidziauskas, co-fundador da loja Under The Cover