Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Comissão da Marcha do Orgulho do LGBT no Porto e Variações emitem comunicados após incidentes

Incidentes Marcha Orgulho LGBT Porto.jpg

Os incidentes ocorridos no passado Sábado à tarde no Porto, durante a 13ª Marcha do Orgulho LGBT daquela cidade, entre um grupo de anarquistas e elementos da Variações levaram a Comissão Organizadora da Marcha do Orgulho LGBT no Porto (MOP) e a Associação de Comércio e Turismo LGBTI de Portugal a emitir esclarecimentos esta quarta-feira.

Marcha do Orgulho LGBT do Porto marcada por protesto contra associação LGBTI (com vídeos)

Protestos Marcha do Orgulho LGBT do Porto

As ruas do Porto voltaram, pela 13ª vez, a ser ocupadas pelas bandeiras do arco-íris e pelas reivindicações dos activistas LGBTI. Mas, pela primeira vez, um conjunto de pessoas impediu uma associação LGBTI de acompanhar a totalidade do percurso da Marcha do Orgulho LGBT+ da cidade.

Noite de concerto: Lynn BreedLove + Anarchicks = <3

musc box.jpeg

Riot Grrrl in the streets, Punk in the sheets. Vão ambos de mãos dadas: resistência a um mundo que nos quer espezinhar, reduzir a caixinhas fechadas e sofucantes. Que nos abafa a voz, na sociedade como na música. Mas nós, nós vamos cantar e gritar, bem alto.

 

 

Esta Marcha LGBTI+ de Lisboa foi um Orgulho

destaque 1.jpg

 

Oito comentários à Marcha do Orgulho LGBTI+ de Lisboa, que decorreu este Sábado, entre o Príncipe Real e a Ribeira das Naus. Todas as fotos no Facebook do dezanove.

 

Marcha de Braga contra “Cidade do Silêncio”

BFA2.jpg

 

O colectivo Braga Fora do Armário (BFA) organiza este Sábado, 2 de Junho, às 16h30, a VI Marcha pelos Direitos LGBTI+. Subordinada ao lema “Cidade do Silêncio: chega de invisibilidades, basta de violências!”, a marcha chama a atenção contra a "atitude silenciadora e invisibilizadora" da população LGBTI  na cidade de Braga e no país.