Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

João Décio Ferreira acusado de pressionar utentes a recorrerem ao privado

 

decio.jpg

 

Uma reportagem exibida pela TVI este Domingo descreve várias situações em que João Décio Ferreira, o único médico que durante 16 anos operou quem queria mudar de sexo no Serviço Nacional de Saúde, pressionou os utentes a recorrerem ao hospital privado onde agora opera, ao mesmo tempo que punha em causa a oferta de serviço público, situada em Coimbra.

 

Erlingur Óttar Thoroddsen: “O género de terror tem muitas conexões com um público LGBT” (com vídeo)

 

Rokkur_Rift_Erlingur Óttar Thoroddsen.jpg

 

Está quase a chegar mais uma edição do MOTELX. Entre outros filmes LGBT, este ano será apresentado, “Rökkur” de Erlingur Óttar Thoroddsen. O dezanove conversou com o jovem realizador islandês sobre a sua relação com o cinema, o cinema de terror e o cinema LGBT.

 

 

A corajosa história de Dalia Al-Faghal, a primeira lésbica assumida do Egipto (com vídeo)

egipto.jpg

Um vídeo de quase três minutos está a circular nas redes sociais do Egipto com uma declaração forte logo na abertura: “Olá ... Eu sou a lésbica mais odiada no Egipto”. A mensagem é da jovem egípcia Dalia Al-Faghal, que em Julho se declarou como lésbica no Facebook, tornando-se assim na primeira cidadã do país a declarar-se publicamente como homossexual. 

Novo projecto para séniores LGBT em Lisboa

 

lgbt senior.jpg

 

Apoio psico-social, tertúlias e despertar consciências são algumas das áreas de actuação do novo projecto LGBT Seniores: Contrariar Tendências, Eliminar Estigmas, da responsabilidade da associação Opus Gay. A iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa.

 

 

Identidade e opressão

banner opiniao_Samuel F Pimenta.png

Graça Fonseca, Secretária de Estado da Modernização Administrativa, falou abertamente da sua homossexualidade numa entrevista. Se vivêssemos num mundo ideal, sem estigmas e violência, nada disso importaria. Mas ainda é necessário falar de homossexualidade, não numa lógica de quem faz o quê com quem (isso é da esfera íntima), mas na óptica da identidade (essa da esfera pública), tal como é necessário falar da identidade cultural, religiosa, étnica, ou outras que são alvo do preconceito da sociedade. E sempre com a consciência de que essas identidades são apenas uma dimensão do que se é na totalidade enquanto indivíduo. Como a própria Graça Fonseca afirma na entrevista ao DN, «na verdade não é uma questão da privacidade, é uma questão de identidade. Que é dizer “eu sou morena e tenho olhos verdes e sou isto”. Aquilo que se faz com ser morena e de olhos verdes é que é uma questão da tua vida privada.»

 

A primeira política portuguesa que assume ser homossexual

Graça Fonseca.jpg

Graça Fonseca, secretária de Estado da Modernização Administrativa, deu uma extensa entrevista ao Diário de Notícias. Fonseca, uma das responsáveis pelo Simplex e pelo Orçamento Participativo de Portugal aborda, entre outros, o tema da discriminação. Na entrevista, conduzida por Fernanda Câncio, Graça Fonseca assume ser homossexual e explica o por quê da importância desta afirmação política.