Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Reino Unido: 77 mil pessoas condenadas por serem gays vão ser perdoadas

 

reino unido.jpg

O governo do Reino Unido anunciou esta quinta-feira que vai extinguir a condenação que recaía sobre milhares de pessoas por serem homossexuais ou bissexuais. Será também atribuído um “perdão” póstumo a todos aqueles que já faleceram e que eram visados pela mesma condenação.

 

 

A minha perspectiva do Orgulho LGBT

Pride de Londres.jpg

Há muito tempo que não escrevo nenhum artigo, mas hoje tenho dois motivos para o fazer. Primeiro porque acabei de participar no Pride de Londres e segundo porque acabei de ler o artigo “O armário” de José António Saraiva. Vou dar prioridade à questão que mais me assola neste momento e é a frase do jornal sensacionalista onde José António Saraiva escreve o seguinte: “Orgulho tem-se naquilo que foi obtido com o nosso esforço”.

 

A história de Alan Turing deu um filme candidato aos Óscares

O Jogo Da Imitação 1.jpg

Esta segunda-feira, 19 de Janeiro, na sessão das 21h30, na sala 4 do Monumental (Lisboa), estavam para aí umas oito pessoas, incluindo eu e quem me acompanhava. Isto não é bom, nada bom. Quando vamos a um restaurante que não conhecemos e este está vazio não entramos. É instintivo. O restaurante não inspira confiança. Com o filme “O Jogo da Imitação” (2014, “The Imitation Game”) de Morten Tyldum passa-se o mesmo.

Alan Turing, o herói homossexual perdoado

Winston Churchill disse: "Foi graças ao Ultra que ganhámos a guerra." Ultra era a designação dada pelos serviços secretos britânicos às informações obtidas pela descodificação das mensagens da máquina Enigma trocadas entre as forças do Eixo durante a Segunda Guerra Mundial. Alan Turing foi o homem que criou uma máquina capaz de tal façanha, a Bombe. O historiador Sir Harry Hinsley considera que por tal motivo a guerra foi "encurtada em não menos de dois anos, provavelmente em quatro".