Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Romeu Monteiro: “Tudo começa por dar a cara”

 Romeu Monteiro.png

Desde 2008 coordenei muitas dezenas de reuniões de apoio a jovens LGBT. Reuniões de jovens cujas famílias não sabiam onde eles estavam ou o que estavam a fazer. Em que a resposta a "quando é que pensas contar à tua família" era quase sempre "quando terminar o curso", porque temiam ficar sem casa, sem sustento, sem possibilidade de continuar a estudar.

 

 

“A partir do momento em que te encontras e estás bem contigo próprio, estar sozinho torna tudo mais fácil”

João Pedro.jpg

O João Pedro tem 24 anos, é natural de Lisboa, mas neste momento vive em Paris. “Decidi mudar de país pela experiência em si, porque gosto de novas experiências e conhecer outras realidades. Está a ser um teste a mim mesmo, a todos os níveis” diz ao dezanove.pt  

 

 

“O importante é estarmos bem connosco”

vasco rosa.jpg

Vasco Rosa nasceu em Lisboa em Fevereiro de 1989, precisamente no dia anterior ao Dia dos Namorados - o que fez com que de uma maneira ou outra, houvesse sempre motivos para celebrar. É um jovem cheio de sonhos e tem conseguido, através do seu trabalho, tornar vários em realidade.

O seu maior sonho é fazer Cinema, como realizador, mas neste seu percurso tem-se destacado mais enquanto produtor. Nos últimos três anos tem-se dedicado quase a tempo inteiro aos Prémios Áquila. Está a preparar a sua primeira longa, o “Oblivion”, que deverá estrear nos cinemas em 2019. 

Está solteiro e confirma que estar apaixonado é das situações mais bonitas e gratificantes que podem existir.

 

 

 

“Concordo com a ideia de estar feliz”

Mag solteira e sexy.jpg

A Mag vive em Lisboa. O seu percurso divide-se em três áreas: Enfermagem, Fotografia e Djing. Magda diz-nos que há uma coisa transversal a estes três ofícios: todos os dias, mesmo todos, surge algo novo e distinto. Esta vertente de mudança, novidade, desafio atrai-me. Gosta de dormir e é tia de trigémeos. Assina o interessante projecto fotográfico “Queer em Lisboa”. 

 

 

Três dos (ainda) solteiros mais sexys de Portugal

solteiro sexy desejado.jpg

É Dia dos Namorad@s e parece que não se fala noutra coisa. Mas aqui no dezanove.pt falamos. Hoje também decidimos mostrar o lado de quem não namora e está bem com isso. Lançamos o desafio a vários jovens sexys, desejados, interessantes e “desimpedidos”. Reconhecemos que a nossa escolha é subjectiva, mas não é isso o mais importante. Queremos dar exemplos de que estar solteiro não é sinónimo de uma pequena tragédia grega.

Especial Dia dos Namorados e das Namoradas: Histórias de Amor visíveis e não visíveis

Amor LGBT Dia dos Namorados e das Namoradas.jpeg

É cliché, sabemos, mas no dia 14 de Fevereiro alinhamos os ponteiros com o Amor.  

Pedimos a vários casais que partilhem connosco um pouco da sua relação com os nossos leitores.  

Três histórias de amor LGBT não visíveis

histórias de amor LGBT gay.jpg

No passado dia 14 de Fevereiro o dezanove.pt publicou um Especial Dia d@s Namorad@s com cinco entrevistas a casais apaixonados e que podiam dar a cara pelo seu relacionamento. Na preparação destas entrevistas recebemos várias recusas de casais. Alguns casais revelaram que não se sentiam à vontade para serem entrevistados, uns alegavam razões de trabalho, outros a não aceitação da família. No entanto, estes casais perguntaram-nos se não podíamos falar do outro lado da moeda: “nem todos podem assumir o seu amor publicamente, mas isso também merecia ser contado”. Foi isso que fizemos agora.

Especial Dia dos Namorados e das Namoradas

namorados amor gay portugal.jpg

No dia em que se celebra o Amor o dezanove.pt decidiu entrevistar casais de namorados para nos contarem a sua história, afinal de contas parecida a tantas outras dos leitores que nos seguem nos quatro cantos do mundo. Cinco casais aceitaram o nosso convite:

Porto e Lisboa: Activistas organizam beijaço de protesto no Dia dos Namorados

beijaço gay porto.jpg

O colectivo portuense Caleidoscópio LGBT está a convocar através das redes sociais um beijaço de protesto para o próximo Dia dos Namorados. Afirmar o direito a viver numa cidade sem medo e sem violência está na origem desta acção.

O que acontece se o Cupido se apaixonar? (com vídeo)

cupido in love el corte ingles el amor mola.jpg

Em Espanha, a cadeia de armazéns El Corte Inglés decidiu encomendar cinco curtas a propósito do próximo Dia dos Namorados. Uma dessas histórias, intitulada “Cupido in love”, está a ser bem acolhida nas redes sociais por mostrar diversidade nas relações humanas.

Quatro exemplos de como o Dia dos Namorados está a ficar mais inclusivo

Quando se fala no Dia dos Namorados (e das Namoradas) sabemos que é uma oportunidade de negócio para estabelecimentos tradicionalmente vocacionados para o público LGBT. Bares, discotecas e saunas apostam em publicidade direcionada para este público. Até aqui nada de novo.