Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Bandeira do arco-íris na CML: hasteada, desaparecida, reaparecida

BandeiraLGBTI_CML.jpg

A bandeira do arco-íris, que foi hasteada de forma inédita pela primeira vez num edifício público em Portugal, desapareceu poucas horas depois da varanda dos Paços do Concelho da Câmara Municipal Lisboa sem razão aparente. As fotos da bandeira hasteada multiplicaram-se durante todo o dia de ontem, 17 de Maio, nas redes sociais.

“É provável que saia o Ministro [da Defesa] em vez do CEM [Chefe de Estado-Maior] em causa”

É a frase do dia e pertence ao general Garcia Leandro, Tenente-General, que escreveu uma carta aberta e que foi publicada no Diário de Notícias. Mas não é o único militar a pedir a demissão de Azeredo Lopes, Ministro da Defesa. Também o militar de Abril, Vasco Lourenço, o faz num artigo de opinião publicado no jornal i. A polémica que envolve os militares e o Ministro da Defesa parece estar para durar.

 

Quer legalizar a violação de mulheres. Encontros em vários países (incluindo Portugal) cancelados

roosh v Portugal violação mulheres.png

O norte-americano Daryush Valizadeh, também conhecido por Roosh V. tem uma legião de seguidores na internet através de uma plataforma chamada "The Return Of Kings". Auto-intitula-se misógino e homofóbico e defende “a legalização das violações” de mulheres. Para além de um fórum online o blogger e escritor promove encontros em várias cidades mundiais onde quer ensinar outros homens a “engatar” mulheres. Uma das estratégias passa por reunir grupos de homens em várias partes do mundo para os ensinar a perseguir os fins deste “líder”. Tudo, obviamente, é efectuado em segredo, dado o enquadramento ilegal destas acções.  

 

Pedro Arroja: "A educação dessas crianças vai sair deficiente" (com vídeo)

Captura de ecrã 2015-11-25, às 15.09.04.png

Duas semanas depois do economista Pedro Arroja ter gerado controvérsia ao referir-se às "meninas do Bloco de Esquerda no Parlamento" como "esganiçadas", esta semana o comentador do Porto Canal abordou a aprovação da adopção por casais do mesmo sexo com observações estereotipadas, sexistas e transfóbicas.

A história de Tuxa contada em vídeos

Tuxa também conhecida por Miss Ágata, responde igualmente por Fernando ou Manuel Fernandes. É tema regular de alguns programas matinais da televisão, de reportagens vídeo no Correio da Manhã (acto simbólico do primeiro casamento gay frente à Sé de Lisboa e violência doméstica termina primeiro casament gay) e até de uma webserie chamada “Na Casa D’Este Senhor“, uma iniciativa datada de 2011 promovida pela cerveja Tagus.

"É por causa de rapazes assim que há tantas lésbicas" (com vídeo)

É digno de um programa de apanhados o momento em que Micah Armstrong foi capturado por uma câmara. O também conhecido por Pastor Micah chegou ao campus da Universidade Central da Florida decidido a exortar mais um dos seus já habituais discursos em nome de Jesus e o inesperado aconteceu.