Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

O meu amigo trans suicidou-se. Esta é a minha homenagem

stop suicidio.jpg

Santiago tinha 30 anos e vivia numa cidade do distrito de Lisboa. A sua história de vida é igual à de tantos outros jovens: Depois de ter estudado e trabalhado em locais onde a discriminação imperou, decidiu voltar a estudar e a procurar trabalhos onde se sentisse melhor.  

Está na hora de dar visibilidade aos casos de discriminação nas escolas: #quebraosilencio (com vídeos)

quebra o silêncio rede ex aequo.jpg

ideia tinha já sido veiculada nos últimos Prémios Média. Agora a iniciativa viu a luz do dia e pretende, como não poderia deixar de ser, ajudar os mais jovens. A campanha #QuebraOSilencio foi criada para divulgar o Observatório de Educação, o projecto da associação de jovens LGBTI rede ex aequo que recolhe as denúncias de homofobia e transfobia ocorridas no contexto escolar português. 

Os novos projectos da rede ex aequo para 2015

associação rede ex aequo LGBT.jpg

Para além da mudança na designação da associação e na formação que incidirá em dar mais visibilidade às questões dos jovens trans e intersexo, a rede ex aequo quer continuar a fazer mais na área da educação para a igualdade, para a diversidade e para a educação de mentalidades.

1ª escola da rede ex aequo no início de Outubro

A rede ex aequo, associação de jovens LGBT e simpatizantes com idades entre os 16 e os 30 anos inclusive, irá realizar dias 3, 4 e 5 de Outubro a 1ª escola da rede ex aequo. Fundada em Abril de 2003, a associação tem nos grupos locais e Projecto Educação, desde 2002 e 2005 respectivamente, dois projectos fulcrais para dar apoio a jovens LGBT e educar alunos e docentes sobre orientação sexual e identidade de género.

Oito dias de actividades e aprendizagens para jovens LGBT

Entre 23 e 31 de Agosto, no Parque de Campismo Camping Milfontes, em Vila Nova de Milfontes, realiza-se o "12º acampamento de verão da rede ex  aequo", dirigido a jovens LGBT e simpatizantes entre dos 16 e 30 anos de idade (inclusive), público-alvo das actividades da associação criada em 2003.

Um livro online sobre o coming out escrito a várias mãos. E tu podes participar

São todos jovens aqueles que se reúnem no fórum online da rede ex aequo para escrever uma história online sobre o “coming out”.  A ideia partiu de André Oliveira do Porto que até ao momento co-partilha a autoria do livro com já quase uma dezena de autores que por detrás de um nickname vão acrescentando conteúdos à narrativa. É no fórum online dessa associação de jovens LGBT que diariamente cada episódio é formado a partir da imaginação dos jovens que formam o relato do processo de "coming out" de uma personagem fictícia.

Happier Teens cria a Casa Trampolim para jovens LGBT expulsos de casa

Lembram-se da notícia sobre um projecto proposto num concurso da UnHate Foundation - Benetton? Não? Damos uma ajuda: http://dezanove.pt/407349.html  O projecto está de pé e chama-se Happier Teens. A casa para jovens LGBT em emergência social já existe e está pronta a funcionar. Criado na sequência da responsabilidade social da empresa Shiadu Boutique Guesthouses, o projecto Happier Teens (HT) quer apoiar jovens lésbicas, gays, bissexuais e transgéneros que se encontrem em situação de exclusão familiar em Portugal. Os promotores do projecto estiveram presentes no último Arraial Pride onde recolheram fundos destinados a iniciativas que promovam a integração a nível pessoal, escolar, familiar e social de jovens que precisem de uma "rede de apoio" ou em situações limite de um abrigo materializado em forma de abrigo a que se chamou "Casa Trampolim".

Projecto Tudo Vai Melhorar faz um ano: comemorações no Porto e em Lisboa (actualizada)

Várias figuras públicas portuguesas associaram-se no último ano à versão portuguesa do It Gets Better, projecto que visa dar ânimo e esperança aos jovens LGBT vítimas de bullying.

A primeira figura pública portuguesa a participar no Tudo Vai Melhorar foi José Castelo Branco. Há um ano, no testemunho vídeo José Castelo Branco explicou os episódios de bullying por que passou na juventude, desde ter sido chamado de “beto maria menina” ou “lulu” e das “rasteiras” de que era alvo. 

 

Fanny Rodrigues apoia a luta contra o bullying (com vídeo)

 

Fanny Rodrigues, conhecida participante dos reality show "Casa dos Segredos" e "Big Brother VIP", é a mais recente figura pública a juntar-se ao movimento mundial de transmissão de esperança e de luta contra a discriminação, deixando uma mensagem a todos os jovens LGBT.

Em Portugal a iniciativa designa-se "Tudo Vai Melhorar" é levada a cabo pela Associação CASA – Centro Avançado de Sexualidades e Afectos.