Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Agenda para o 17 de Maio (e dias seguintes)

pjimage (28).jpg

 

Desde 2005, a 17 de Maio, celebra-se o Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia, assinalando a data em que a Organização Mundial de Saúde removeu a homossexualidade da sua lista de doenças mentais em 1990. Em 2015 o 17 de Maio foi institucionalizado em Portugal também como Dia Nacional. Aqui fica a lista de eventos previstos para o nosso país.

 

 

A Primeira Pedra: Eu, Padre Gay, e a minha revolta contra a hipocrisia da Igreja

A primeira pedra - planeta - Krzysztof Charamsa.jp

4.jpeg

 

 

 

Depois de ter sido notícia devido ao seu coming out no Vaticano, em Outubro de 2015, um ano depois o Padre Charamsa lançava o livro em que conta o seu percurso de vida, que o trouxe a Portugal no final do ano passado.O dezanove leu A Primeira Pedra e deixa aqui algumas notas aos leitores.

O ano em 10 entrevistas exclusivas do dezanove

 

entrevistas.jpg

Ao longo de 2016 o dezanove publicou cerca de 50 entrevistas. Aqui fica um apanhado dos 10 protagonistas e figuras públicas com quem falámos. Uma oportunidade para ler (ou reler) as conversas mais estimulantes e surpreendentes que mantivemos nestes últimos 12 meses.

 

“Os gays católicos não sabem que o Vaticano se ri deles”

 

foto 1.jpg

Krzysztof Charamsa esteve debaixo dos holofotes nas aquando da sua passagem por Lisboa para promover o livro “A primeira pedra. Eu, padre gay, e a minha revolta contra a hipocrisia de igreja”, editado pela Planeta. Krzysztof Charamsa foi o primeiro padre a trabalhar no Vaticano a declarar-se homossexual e a apresentar o seu companheiro. Agora, em entrevista ao dezanove.pt, analisa o impacto da estadia em Portugal, o papel de associações de homossexuais católicos e o protagonismo das associações de leigos, como é o caso da Associação Portuguesa dos Psicólogos Católicos.