Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Paulo Pascoal: "Reagi ao facto de não querer ser obrigado a viver uma mentira"

Paulo Pascoal entrevista.jpg

É difícil destacar algo de um percurso profissional tão vasto como o de Paulo Pascoal, angolano, cidadão do mundo, de 32 anos anos e possuidor de uma energia e sorrisos contagiantes. Por isso deixamos essa resposta para ele.

Página falsa do PDR em campanha contra lobby gay e pró serviço militar inclui homens em cuecas

Uma página falsa no Facebook relaciona o Partido Democrático Republicano (PDR), liderado por Marinho Pinto, a uma campanha contra o lobby gay e pelo regresso do serviço militar obrigatório. A actividade desta página no Facebook foi iniciada há duas semanas. Depois de um post com uma bandeira de Portugal com objectivos a combater e um apelo a um maior número de fãs online da "legião", o terceiro post nesta rede social surgiu esta segunda-feira e é dedicado a "proteger as crianças do lobby gay" e ao "regresso urgente do serviço militar obrigatório. 

Relatório: Existe um lobby gay dentro do próprio Vaticano

Um "relatório demolidor" de 300 páginas poderá ter contribuído para a resignação de Bento XVI, avança a edição de hoje do jornal italiano La Repubblica. O documento, da autoria de três dos mais importantes cardeais do Vaticano, descreve as lutas de poder, os desvios de dinheiro e aponta para a existência de um "lobby gay" dentro do próprio Vaticano.

 

Caso Sizzla: Associação diz que “lobby gay” passou “de oprimido a opressor”

A espanhola Asociación Cultural Reggae (ACReggae) lamentou o cancelamento do concerto do jamaicano Sizzla por pressões do "lobby gay" que, garante, "passou de oprimido a opressor". Em comunicado, pretendem denunciar a "impressionante e difamatória campanha de imprensa orquestrada com maldade" pela Federación Estatal de Lesbianas, Gays, Transexuales y Bisexuales (FELGTB), que no país vizinho liderou os protestos e levou ao cancelamento dos concertos em Espanha.