Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

A tua agenda para Domingo, 17 de Maio

Dia Luta Homofobia 17 Maio Lápis de Cor Arco-Íri

No próximo Domingo assinala-se o Dia Internacional de Luta Contra a Homofobia e Transfobia. Conhecido internacionalmente como IDAHOT (International Day Against Homophobia and Transphobia), ainda não é reconhecido oficialmente em Portugal. O IDAHOT celebra-se neste dia por ser a data em que a Organização Mundial de Saúde retirou, em 1992, a homossexualidade da sua lista de doenças mentais. 

 

Movimento LGBT começa a posicionar-se em alegados casos de violência doméstica que envolvem activistas

Marcha LGBT do Porto em 2011 - foto de Horta do Rosário

Um caso bicudo, este, para os movimentos LGBT portugueses e para o micro-universo activista do País: uma activista com prominência no meio acusada por duas ex-namoradas de violência física e psicológica está a obrigar as organizações a tomar decisões: remover a pessoa em questão do meio activista sem apelo nem agravo ou guardar o silêncio até que a justiça se pronuncie, mantendo-a “em funções” apesar das acusações que lhe são imputadas?

Activista do Caleidoscópio LGBT acusada de violência doméstica. Visada considera todas as acusações “falsas”

violência lésbicas portugal.jpg

Acusações de violência física, psicológica, sexual e económica entre activistas lésbicas do movimentos LGBT português estão a gerar uma onda de solidariedade e indignação. Paula Antunes, responsável pelo Caleidoscópio LGBT, recusa todas as acusações de que está a ser alvo por parte de Mafalda Gomes e Isabel Martinez.

 

Marcha de Coimbra vai alertar para a violência contra pessoas LGBT

Marcha Coimbra Gay.jpg

Combater os episódios de violência com motivação homofóbica ou transfóbica que recentemente foram notícia em Portugal é a mensagem que a organização da 6ª Marcha Contra a Homofobia e Transfobia de Coimbra quer passar já a 17 de Maio.

 

 

Maioria não foi às marchas do Orgulho LGBT

Dois em cada três participantes do inquérito levado a cabo pelo dezanove.pt respondeu que no último ano não participou em nenhuma marcha do Orgulho LGBT. Assim, 72 por cento dos leitores refere que não participou em nenhuma marcha ao passo que apenas 28 por cento responderam afirmativamente. Responderam 438 pessoas.

 

Estas vão ser as marchas do Orgulho LGBT: Coimbra, Porto, Lisboa e Ponta Delgada

Desde o ano passado realizam-se em Portugal quatro marchas do Orgulho LGBT. A cidade mais recente a chegar ao rol foi Ponta Delgada onde, a 1 de Setembro de 2012, pela primeira vez no arquipélago açoriano, uma manifestação do Orgulho LGBT teve lugar. O dia foi considerado histórico e será repetido este ano a 31 de Agosto (Sábado).

Mas ainda antes de Ponta Delgada é a vez de Coimbra, Lisboa e Porto:

 

Assim foi o Orgulho LGBT em Portugal e no Mundo

Há um mês Ponta Delgada recebia pela primeira vez no arquipélago açoriano a manifestação do Orgulho LGBT. Tratou-se de um dia histórico nos Açores com centenas de participantes a percorrer o centro de Ponta Delgada e milhares de pessoas nos passeios a assistir ao culminar do festival Pride Azores. A partir da capital açoriana, Cassilda Pascoal relatou entre terça-feira, dia de arranque do festival, e Sábado, as conferências e eventos mais importantes do Pride Azores.

Desta forma, chegou ao fim a cobertura do dezanove.pt das Marchas do Orgulho LGBT de Portugal em 2012.

Meio milhar na Marcha de Coimbra

Houve samba e gaitas de foles, enquanto meio milhar de pessoas participaram na terceira Marcha de Luta Contra a Bifobia, Homofobia, Intersexofobia, Lesbofobia, Polifobia e Transfobia, que percorreu ontem as ruas de Coimbra ao fim da tarde. A concentração decorreu nos jardins do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, cruzou a Baixa e terminou na Praça da República perto das 20h. Os manifestantes eram, na maioria, estudantes da Universidade de Coimbra, incluindo muitos estrangeiros.

 

O que está a ser preparado para 17 de Maio

O Dia Mundial de Luta Contra a Homofobia e a Transfobia assinala-se a 17 de Maio e, em Portugal, está a ganhar cada vez mais importância. Em 2010, o dezanove contabilizou apenas três iniciativas. No ano passado, chegou à dezena. Fica a par das iniciativas programadas para 2012. Em Coimbra será a vez da Marcha percorrer as ruas mais centrais da cidade.

 

 

 

PATH organiza festas “fora do armário” em Coimbra

 

Todas as terceiras terças-feiras de cada mês a Plataforma Anti-Transfobia e Homofobia (PATH) vai organizar festas temáticas para dar visibilidade às iniciativas das associações que compõem esta plataforma, bem como angariar fundos para Marcha de Luta contra a Homofobia e a Transfobia, que decorrerá pela terceira vez, em Maio de 2012, em Coimbra. Entre os objectivos definidos pela PATH está a aquisição de um bandeirão do arco-íris a usar na marcha de 17 de Maio, Dia Internacional de Luta Contra a Homofobia e a Transfobia (IDAHO).

 

 

 

O que há para fazer a 17 de Maio

As iniciativas em torno do Dia Mundial de Luta Contra a Homofobia e a Transfobia (IDAHO), que se assinala no dia 17 de Maio, não param de surgir em várias cidades do país. O destaque vai para Coimbra, onde várias associações e colectivos vão sair à rua. No ano passado, o dezanove dava conta da estreia da Marcha de Coimbra e de um beijaço no Porto e em Lisboa. Um ano depois, o dia ganha nova força com mais acções previstas. Fica a par das iniciativas agendadas: