Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Como foram os protestos de Lisboa e Porto pela defesa dos direitos LGBT na Tchetchénia (com vídeo e fotos)

 pjimage (23).jpg

Isabel Moreira, Sofia Aparício, Rui Maria Pêgo, Manuel Moreira, Ricardo Robles, João Pedro Vale e Pedro Faro foram algumas das figuras públicas e políticos que se juntaram às cerca de duas centenas de pessoas que protestaram esta terça-feira, ao fim da tarde, em frente à Embaixada da Rússia em Lisboa. À mesma hora, no Porto, os manifestantes concentraram-se junto ao edifício onde está situado o gabinete do cônsul honorário da Rússia, na Avenida da Boavista.

As imagens da Marcha do Orgulho LGBT do Porto

porto.jpg

Este Sábado, 2 de Julho, a Marcha do Orgulho LGBT do Porto voltou a sair à rua para dar visibilidade às reivindicações de gays, lésbicas, bissexuais, transgéneros e intersexo. Esta foi a 11ª edição da marcha. A celebração continuou depois no espaço associativo ContraBando e no Lusitano. Encontras neste link as melhores fotos da Marcha tiradas pelos colaboradores do dezanove.pt

Polémica poliamor/Manuel Damas: "A grande maioria das pessoas poliamorosas são não-heterossexuais"

As declarações de Manuel Damas no programa Sexualidades, Afectos e Máscaras, transmitido pelo canal de televisão de cabo MVM, continuam a dar que falar.

Luta pelas famílias LGBT dominou Marcha do Orgulho do Porto

"Portugal é o único país no mundo em que é possível o casamento entre pessoas do mesmo sexo e em que lhes é negada o acesso à adopção plena. O direito à família é um direito constitucional, não abdicaremos dele." Foi este o mote da Marcha do Orgulho LGBT do Porto, que voltou este Sábado às ruas do Porto.

Sérgio Vitorino: Como a crise vai afectar a população LGBT

Este Sábado, o Porto vai receber a Marcha do Orgulho LGBT, a partir das 15h30, com saída da Praça da República. Na semana seguinte é a vez de Braga acolher, pela primeira vez, uma Marcha pelos Direitos LGBT. Mas afinal, o que há para reivindicar? Como é que actual situação económica pode afectar os direitos conquistados? Sérgio Vitorino (Panteras Rosa) em discurso directo.

 

 

 

A Marcha de Lisboa sem FaraDiva seria a mesma coisa?

Provavelmente não, por isso o dezanove.pt entrevistou a responsável pela animação que atravessou as ruas de Lisboa, durante a Marcha do Orgulho LGBT que decorreu este Sábado. Em cima de uma carrinha dançou, gritou palavras de ordem e, num tom bem-humorado, provocou quem passava. FaraDiva (ao centro na foto) em discurso directo.

 

Mega Pic-Nic atirou Arraial Pride para Julho

Nos últimos anos, o último Sábado de Junho no Terreiro do Paço (Lisboa) era ocupado pelo Arraial Pride. Desta vez, aquela que se apresenta como a maior festa LGBT do país vai decorrer no primeiro Sábado de Julho, dia 6, coincidindo com a Marcha do Orgulho LGBT do Porto e com o Pride de Madrid.

 

Gisberta foi assassinada há sete anos

Está marcado para esta sexta-feira, 22 de Fevereiro, às 11h, na Rua Santa Catarina, no Porto, uma concentração para assinalar o sétimo aniversário do assassinato de Gisberta. A iniciativa é das Panteras Rosa e do Portugalgay.pt. O objectivo é fazer sete minutos de silêncio em memória de Gisberta. Será lido e distribuído um comunicado.

 

E o centro do Porto ficou cheio de cor

"Estamos uma vez mais na rua por todos nós, mas acima de tudo por todas e todos aqueles que ainda hoje, no século XXI, não podem estar aqui connosco." Foi desta forma que terminou o Manifesto da Marcha do Orgulho LGBT que este Sábado saiu às ruas do Porto. Como é hábito, a leitura do Manifesto decorreu em plena rua de Santa Catarina, com os manifestantes sentados o chão a ouvir as reivindicações. A principal rua comercial da cidade ficou cheia, entre "marchantes", pessoas a circular e outras sentadas as esplanadas a assistir ao que se passava.