Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Açores: Primeira Marcha do Orgulho LGBT junta milhares nas ruas

A concentração estava marcada para as 17 horas nas Portas da Cidade, em Ponta Delgada. Pouco depois da hora agendada, começaram a chegar grupos de pessoas que rapidamente deram cor à praça cinzenta do basalto enquanto muitas pessoas paravam nos passeios e cedo a praça ficou rodeada de “curiosos”.

Ser LGBT nos Açores: “A religião tem um peso enorme”

Uma conversa acerca dos vários motivos para participar na 1ª Marcha LGBT dos Açores deu início ao terceiro dia de actividades do Festival Pride Azores. Os testemunhos na primeira pessoa foram dados num debate intitulado “Ser LGBT nos Açores”.

 

E o centro do Porto ficou cheio de cor

"Estamos uma vez mais na rua por todos nós, mas acima de tudo por todas e todos aqueles que ainda hoje, no século XXI, não podem estar aqui connosco." Foi desta forma que terminou o Manifesto da Marcha do Orgulho LGBT que este Sábado saiu às ruas do Porto. Como é hábito, a leitura do Manifesto decorreu em plena rua de Santa Catarina, com os manifestantes sentados o chão a ouvir as reivindicações. A principal rua comercial da cidade ficou cheia, entre "marchantes", pessoas a circular e outras sentadas as esplanadas a assistir ao que se passava.

Afinal em que ficamos: bichas cobardes ou corajosas?

Nasceu há cerca de ano e meio e os textos são escritos de uma forma muito peculiar. Sarcástico na abordagem, as questões (às vezes farpas) são colocadas em forma de interrogação para que os leitores, mais do que respondam, se interroguem sobre o que os rodeia.

As reivindicações de quem marchou com orgulho em Lisboa (com vídeos)

A 13ª edição da Marcha do Orgulho LGBT percorreu várias ruas da capital. Em todas se reivindicaram direitos e o fim à discriminação. Em todas se levantou a bandeira do arco-íris e foi possível ver que a diversidade existe e pode coabitar sem preconceitos. Mas nem todos os que assistiram nos passeios ao desfile das organizações participantes sabem o que cada uma reivindica. O dezanove.pt faz o resumo das reivindicações da marcha que terminou na Praça da Figueira.

"É a minha primeira vez"

Na tarde de Sábado muitos foram aqueles que a partir dos passeios viram a Marcha do Orgulho LGBT passar. Uns juntavam-se, outros ficavam-se pela observação. O dezanove.pt quis saber o que passa pela cabeça de quem vai à marcha para marchar ou para ver marchar. E porquê.

Marcha Lisboa: “Todos os direitos, para todas as pessoas, para todas as famílias”

Os avanços conquistados pela comunidade LGBT portuguesa nos últimos anos não fizeram esmorecer os manifestantes que se reuniram este Sábado à tarde em Lisboa.